TRAGÉDIAS: Em dois acidentes nesse fim de semana na BR-101 e BR-110, na Bahia, sete pessoas morreram e outra ficou ferida, segundo a PRF. Fotos: Divulgação/PRF

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ocorrências foram registradas no sábado (5), na BR-110; e domingo (6), na BR-101

Em apenas dois acidentes (sinistros) de trânsito registrados no fim de semana na BR-101 e BR-110, ambas no Estado da Bahia, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) contabilizou sete pessoas mortas e um ferido, envolvendo quatro veículos.

Na primeira ocorrência, no sábado no km 23 da BR-110, próximo de Alagoinhas (BA), num trecho conhecido como Curva do Riacho do Mel. O motorista de um dos veículos perdeu o controle da direção, invadiu a contramão e bateu contra outro carro, que seguia no sentido contrário. Em seguida, o automóvel que invadiu a pista contrária bateu em um outro.

Segundo a PRF, ninguém ficou ferido no terceiro carro. O condutor do carro que teria provocado o sinistro não teve seu estado de saúde revelado nem tampouco seu nome.

De acordo com os policiais, os mortos estavam todos no segundo automóvel e foram identificados como Jorge dos Reis Alves Ribeiro, Romilson Piedade Teixeira e Farisete Amaral Farias.

FRONTAL: Três carros se envolveram em colisões na BR-110, em Alagoinhas, matando três pessoas. Foto: Reprodução/TV Bahia

Nova Viçosa

Na segunda tragédia, ocorrida no km 908 da BR-101, no extremo Sul da Bahia, por volta das 6h desse domingo (6), quatro pessoas, sendo três da mesma família, morreram após o veículo, um Jeep Compass, em que estavam sair da pista e cair numa ribanceira, de aproximadamente 40 metros.

Segundo a PRF, o veículo seguia sentido Teixeira de Freitas (BA) – Linhares (ES), quando se envolveu na queda no município de Nova Viçosa.

De acordo com a PRF, o SUV Compass era conduzido pelo empresário Roberto Carlos Xavier Piccoli, 55 anos, que estava com a esposa Elvira Garcia Xavier Romeiro, de 54 anos, além da irmã de Elvira, Cleuza Garcia Gomes, de 60 anos, e do genro do casal, Gabriel Soares Barcelos, de 20 anos. Todos morreram no local. Eles estariam indo para a formatura da filha do casal.

EMPRESÁRIOS: SUV Compass era conduzido pelo empresário Roberto Carlos Xavier Piccoli, 55 anos, que estava com a esposa Elvira Garcia Xavier Romeiro, de 54 anos. Também morreu no sinistro, Cleuza Garcia Gomes, de 60 anos (irmã de Elvira) e o genro do casal, Gabriel Soares Barcelos, de 20 anos. Foto: Reprodução

O local onde o carro caiu é de difícil acesso, o que dificultou o socorro das vítimas e a remoção dos corpos, que ficaram presos às ferragens. Na tarde deste domingo, um guincho foi enviado ao local do acidente, para remover o veículo.

Segundo a PRF, os corpos foram levados para o Instituto Médico-Legal (IML) de Teixeira de Freitas e liberados no domingo para o sepultamento. Gabriel foi encaminhado para Colatina, no Espírito Santo, e as outras três vítimas foram veladas em Eunápolis (BA). A Polícia Civil irá investigar as causas dos dois sinistros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui