Começou nesta terça (12) e vai até quinta- feira (14) na rodovia Washington Luís, em Itirapina, uma ação educativa que irá alertar os caminhoneiros para os riscos da sonolência ao volante. O objetivo é reduzir o índice de colisões traseiras envolvendo caminhões, responsável por 48% do total de ocorrências registradas em 2014 nas rodovias das regiões de São Carlos, Rio Claro e Bauru. A campanha “Acorda Motorista” é promovida pela Centrovias, concessionária de rodovias da Arteris, com o apoio do Policiamento Rodoviário.

Os caminhoneiros serão abordados no posto de pesagem localizado no km 197, sentido capital da SP 310, entre 23 e 5 horas, período em que se observa maior sonolência ao volante e também maior índice de colisões traseiras envolvendo caminhões e carretas. Uma equipe da concessionária dará diversas orientações aos motoristas, como o tempo correto de descanso e a importância de evitar o uso de medicamentos e substâncias para combater a sonolência.

Acorda Caminhoneiro Centrovias

Além das orientações sobre sono, a equipe de atendimento pré-hospitalar da concessionária fará uma breve avaliação de saúde onde  será medido o IMC (índice de massa corpórea) e pressão arterial, fatores de saúde que contribuem no aumento do risco de acidentes. Também será realizada uma ação de inspeção veicular nos caminhões, com instalação de adesivos refletivos e troca de lâmpadas queimadas de faróis e lanternas.

Sono ao volante e acidentes

Do total de acidentes registrados pela Centrovias no ano passado 255 foram colisões traseiras, na maioria das vezes envolvendo caminhões. Além de ser a principal causa de acidentes na região, a colisão traseira também é responsável pelo maior número de mortes: foram 15 em 2014, ou seja, 32% do total.

Entre 2011 e 2014, a Centrovias entrevistou 1.659 motoristas nas campanhas do “Saúde na Boleia”, programa destinado à saúde e bem estar dos caminhoneiros. Todos responderam à Escala de Sonolência de Epworth, um teste que avalia o nível de sono do motorista em diversas situações. A análise dos dados demonstra que 14% dos entrevistados registraram mais 11 pontos no teste, condição que aumenta em 70% o risco de sofrer acidentes de trânsito.

De acordo com a Fundação Nacional do Sono, a insônia aumenta em 250% o risco de acidentes de trânsito nas estradas. Se o motorista sofrer com a apneia do sono, os dados pioram: o risco é elevado para 700%.

Serviço: Campanha “Acorda Caminhoneiro”

Data e hora: 12 a 14 de maio das 23h às 5h

Local: SP 310  – Rodovia Washington Luís, km 197 sentido capital (Posto de pesagem)

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui