DE NOV: Em 10 dias, um novo acidente com um ônibus da Viação Gontijo deixa feridos graves. Desta vez, a ocorrência foi na BR-262, em Conceição do Castelo (ES), e envolveu o carro prefixo 19380 e um caminhão, segundo a PRF. Foto: Divulgação/PRF

Em 10 dias, segundo acidente com veículo da empresa. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ocorrência foi registrada na madrugada desta quarta-feira (13), em Conceição do Castelo; caminhão estava parado no acostamento sem sinalização

Em 10 dias, um novo acidente (sinistro) envolvendo um ônibus da Viação Gontijo. Desta vez, o sinistro foi na madrugada desta quarta-feira (13), no km 21 da BR-262, em Conceição do Castelo (ES), e envolveu o Scania, placas QNZ-6225, prefixo 19380, e um caminhão, provocando ferimentos em sete passageiros, sendo alguns em estado grave, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e assessoria de imprensa da Gontijo.

De acordo com informações obtidas pelo Estradas, com a assessoria de imprensa da Gontijo, a colisão foi por volta de 4h40, e sete passageiros ficaram feridos, alguns em estado grave, e foram socorridos a um hospital da cidade capixaba.

Segundo a empresa, o coletivo saiu de Governador Valadares (MG) e tinha como destino, Guarapari, no Espírito Santo. A pista ficou interditada para o trabalho de atendimento às vítimas. O trecho tem lentidão.

ATENÇÃO REDOBRADA: Trásfego no trecho da rodovia ficou prejudicado por conta da colisão. Motoristas devem redobrar a atenção no local. Foto: Divulgação/PRF

O Estradas entrou em contato com a Gontijo para obter mais detalhes sobre o total de vítimas, bem como a gravidade delas.

Por meio de sua assessoria de imprensa, a empresa respondeu que o ônibus transportava 35 passageiros. O coletivo saiu na noite dessa terça-feira (12), de Governador Valadares (MG), às 22h, com destino à cidade de Guarapari (ES). O motorista não se feriu.

Ainda de acordo com a empresa, o motorista relatou que conduzia o veículo em sua mão quando, perto de Venda Nova do Imigrante (ES), havia um caminhão quebrado, metade no acostamento, metade na pista, sem qualquer sinalização.

Ainda conforme o condutor, ele tentou desviar, mas teve de voltar porque vinham caminhões no sentido contrário. “Ele freou, mas bateu o lado direito da parte frontal do ônibus contra a esquerda da traseira do caminhão“, informou a empresa.

Segundo a Gontijo, dois gerentes foram enviados ao local, além de outro funcionário da empresa, que acompanha os sete feridos, que foram levados ao hospital da cidade capixaba. Os outros 28 passageiros que não tiveram nada seguiram viagem em ônibus da empresa por volta das 6h30.

Da mesma forma, a reportagem solicitou à Agência Nacional de Transportes Terretres (ANTT), informações sobre a situação do veículo Scania, placas QNZ-6225, junto à Agência.

Segundo a ANTT, “o veiculo placa QNZ-6225 encontra-se habilitado para o serviço regular de passageiros.”

Multas por excesso de velocidade

De acordo com a apuração do Estradas, o veículo Scania, placas QNZ-6225, tem três autuações e quatro multas, sendo três por excesso de velocidade (duas na própria BR-262, no trecho onde ocorreu o sinistro).

Entre as infrações, uma no valor de R$ 1.467,35, em 02/08/21, por ‘ultrapassar pela contramão linha de divisão de fluxo opostos, contínua amarela’.

A reportagem perguntou à empresa e à ANTT, como esse veículo consegue circular com tantas multas, sendo três por excesso de velocidade.

Segundo a ANTT, essa questão é de trânsito, e foge à atribuição da Agência. “Se o veículo está legalizado junto à ANTT, não há problemas.

Ainda de acordo com a Agência, a questão de trânsito tem que ser verificada junto aos órgão responsáveis (Detran, Denatran e PRF).

Já a Gontijo não respondeu aos questionamentos, até a publicação desta matéria.

Nova ocorrência em 10 dias

Na semana passada, no sábado (2 de outubro), outro carro da Gontijo, prefixo 14850, que fazia o itinerário São Paulo-Bahia,  se envolveu em um sinistro de trânsito na BR-116, em Leopoldina (MG), provocando a morte de quatro pessoas e ferimentos em outras 46 pessoas, sendo seis crianças.

ABUSO NA VELOCIDADE: Ônibus da Gontijo, envolvido em acidente na BR-116 que matou 4 pessoas, tem oito multas, sendo cinco por excesso de velocidade. Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros de Minas Gerais

Na ocasião, o Estradas apurou que o veículo Scania tem oito multas vencidas, sendo cinco por excesso de velocidade. A Gontijo respondeu que “a empresa recorreu das multas junto aos órgãos expedidores (Polícia Rodoviária Federal e Detran-MG), e os recursos ainda estão em andamento”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui