RIGOR NA FISCALIZAÇÃO: A ANTT e a PRF uniram força para fiscalizar de forma mais igorosa o transporte nas rodoviárias e rodovias federais do País. Foto: Divulgação

No sábado(9), foi realizada operação  na rodoviária de Uberlândia (MG), onde pela primeira vez foi realizada a checagem do exame toxicológico obrigatório, entre outros itens dos veículos e condutores. Nas rodovias, a Operação Centauro segue até o dia 16 deste mês

A Operação Centauro da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para combater o transporte não autorizado de passageiros no país continua até o dia 16 deste mês. A ação, que conta com o apoio da Policia Rodoviária Federal (PRF), polícias militares estaduais e outros órgãos da administração pública, procura, principalmente, evitar que o ônibus clandestino circule, trazendo grandes riscos para a população.

A fiscalização ocorre em 27 pontos estratégicos, nas principais rotas do transporte clandestino no pais.

A ANTT alerta à população sobre os riscos em um transporte não autorizado, justamente pela precariedade dos veículos, que não oferecem segurança, com motoristas despreparados e cansados, e ainda, pelo aumento do risco de contágio da Covid-19.

A escolha desta data é em decorrência do acréscimo de fluxo de transporte irregular no período, em função do feriado prolongado de quatro dias, que inclui Nossa Senhora Aparecida  E Dia das Crianças, celebrados em 12 de outubro.

Para informações sobre a legalidade da viagem ou denúncias de transporte clandestino, a Agência informa os canais da Ouvidoria:

Whatsapp (61) 99688-4306, telefone 166 ou pelo e-mail: ouvidoria@antt.gov.br

Importância do uso do cinto de segurança pelos passageiros

A ANTT enfatiza a importância do uso do cinto de segurança pelos passageiros. Nas últimas semanas em diversos acidentes (sinistros) de ônibus, foram identificadas vítimas fatais e graves em função da falta do uso do equipamento mais importante de segurança que existe nos veículos de todo gênero.

O SOS Estradas recomenda aos passageiros que não utilizem transporte clandestino, bem como sejam pacientes com as equipes de fiscalização que estão trabalhando para a segurança de todos.

Desde 2003, o SOS Estradas alerta sobre a importância do uso do cinto de segurança nos ônibus. Contribuímos inclusive para que as normas federal e estaduais previssem o alerta aos passageiros pelo motorista da necessidade e obrigação legal do uso do cinto. Mas o motorista não pode controlar esse uso enquanto dirige, muito menos a autoridade. Cabe aos passageiros cumprirem a lei, em prol da sua segurança e dos demais. Veja o depoimento esse policial após o acidente da Gontijo com quatro vítimas fatais no local.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui