RECONHECIMENTO: As ações da Eco050 foram avaliadas pela ANTT e reconhecidas como uma das melhores concessões federais em boas práticas socioambientais, por meio do Índice de Desempenho Ambiental (IDA). Foto: Divulgação

A data convoca empresas e cidadãos a repensar relação com a natureza

Neste mês dedicado ao meio ambiente, a Eco050 reafirma o compromisso de realizar rigorosamente as ações de monitoramento e conservação dos recursos naturais na sua área de influência. Alinhada a essa ideia, a empresa desenvolve ao longo de todo o ano uma série de atividades para reduzir os impactos gerados por sua operação.

De acordo com a concessionária, os esforços são reconhecidos por meio de certificações como o selo ISO 14001, referente à gestão ambiental, e o Índice de Desempenho Ambiental (IDA), elaborado e analisado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A natureza agradece

Ainda de acordo com a concessionária, um dos trabalhos desempenhados todos os dias é o de conservação e limpeza, por meio de equipes distribuídas ao longo dos 436,6 km de concessão, que recolhem materiais jogados na pista, em áreas de domínios e canteiros centrais.

Segundo levantamento da empresa, somente de janeiro a abril deste ano, 443 metros cúbicos de resíduos, como vidros, papéis, latas e restos de pneus, foram retirados da rodovia.

Os materiais são dispostos em caçambas e tambores nas bases da concessionária espalhadas ao longo do trecho, para posteriormente serem levados a aterros devidamente licenciados.

Destino certo

A concessionária também dá destinação correta aos resíduos gerados na sede da empresa, localizada em Uberlândia (MG). Material reciclado, como papel e latas de alumínio, é enviado para uma associação de catadores regularizada, enquanto resíduos como lâmpadas e pilhas são destinados para uma empresa devidamente licenciada, que os dispõe em aterro industrial. Resíduos eletrônicos também são destinados para um empresa licenciada, que realiza a descaracterização e o reaproveitamento dos componentes eletrônicos.

Se somadas todas as categorias de resíduos, mais de meia tonelada gerada pela atividade da sede teve destinação correta neste ano.

Programa para fauna é destaque

A implantação de passagens de fauna ao longo da rodovia contribuiu para a diminuição em 15% no registro de acidentes com animais silvestres em 2019 em relação a 2018 na BR-050.

Essa foi uma das medidas avaliadas pela ANTT, que reconheceu a Eco050 como uma das melhores concessões federais em boas práticas socioambientais, através de seu Índice de Desempenho Ambiental (IDA).

CUIDADOS: Desde o início da concessão, mais de 664.800 mudas foram replantadas como parte do programa de compensação pela ampliação da rodovia. 

O IDA visa avaliar e estimular boas práticas socioambientais das concessionárias das rodovias federais. A participação no processo de avaliação ocorre por adesão voluntária, segundo a Portaria, e o índice é medido anualmente, compreendendo o período de 1º de janeiro a 31 de dezembro.

Para integrar o ranking, era necessário passar pelo crivo de 15 parâmetros como Política Ambiental Institucional, Certificações Ambientais e Preservação da Biodiversidade. A Eco050 atendeu completa ou parcialmente a 13 desses índices, com boas práticas que vão desde a utilização de asfalto-borracha, o uso de energia renovável na praça de Pedágio de Uberaba, a coleta seletiva e ações sociais e educacionais.

Recompensação de árvores

Ações para recuperação e proteção da flora também estão no escopo da Eco050. Desde o início da concessão, mais de 664.800 mudas foram replantadas como parte do programa de compensação pela ampliação da rodovia. As mudas ocupam hoje uma área de 597,55 hectares, equivalente a 554 campos de futebol.

Antes de obras de ampliação e duplicação no trecho, como as que ocorrem em Goiás, também é realizada o resgate de mudas e sementes de árvores. Diante dos trabalhos de ampliação do km 95+700 ao km 314+200, por exemplo, já foram resgatados 1.252 indivíduos biológicos – como sementes, frutos e mudas – pertencentes a 105 espécies. Deste número, já foram transplantados 120 mudas de indivíduos arbóreos, 86 bromélias terrícolas e 41 epífitas (espécies de plantas como samambaias).

Fonte: Assessoria de imprensa da Eco050

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui