A concessionária responsável pela Linha Amarela informou que durante a obra, o trânsito seguirá em duas faixas no sentido Ilha do Fundão, não sendo necessária a implantação de desvios. O local estará devidamente balizado e sinalização específica orientará os motoristas que passam pelo trecho. Foto: Divulgação

Medida faz parte das obras de modernização do viaduto entre a via expressa e a Ilha do Fundão

A Ponte Oswaldo Cruz, na Linha Amarela, no Rio de Janeiro, terá uma faixa de rolamento interditada na pista em direção à Ilha do Fundão, a partir das 7 horas desta quarta-feira (15), na Maré.

De acordo com a concessionária que administra a via expressa, a medida faz parte das obras de modernização do viaduto, que faz a ligação da via expressa à Cidade Universitária.

Ainda segundo a concessionária responsável, a duração dessa obra é de 18 meses, e o esquema de trânsito foi desenvolvido com a aprovação da CET-Rio, que estará acompanhando o comportamento do trânsito.

Após as obras, orçadas em R$ 15 milhões, a ponte passará a suportar cargas de 45 toneladas, quase dobrando o limite atual, de 24t. Assim, a sua capacidade terá um salto de 87,5% — atendendo ao aumento de demanda de caminhões pesados que seguem para o Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Zona Oeste, incrementando a malha de logística da capital.

Ao todo, serão usadas cerca de mil toneladas de aço e concreto para modernizar e reforçar toda a estrutura de 200m de extensão por 27m de largura, num total de 5.400 metros quadrados.

Durante a obra, o trânsito seguirá em duas faixas no sentido Ilha do Fundão, não sendo necessária a implantação de desvios. O local estará devidamente balizado e sinalização específica orientará os motoristas que passam pelo trecho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui