MORTES AUMENTAM: De acordo com o Infosiga, número de mortes em acidentes , nas estradas da região de Barretos, cresceu 34% nos oito meses deste ano. Foto: Divulgação/Ilustrativa

De acordo com dados do Infosiga, foram 55 pessoas mortas entre janeiro e agosto; Barretos e Bebedouro lideram a lista

O Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga) mostra que o número de mortes cresceu 34%, no período entre janeiro e agosto deste ano, se comparado ao mesmo período de 2018, nas estradas da região de Barretos (SP).

De acordo com o relatório, foram 55 mortes em 2019, e 41 em 2018. Uma das vítimas do trânsito foi o vigilante noturno Jean Filgueira de Souza, de 27 anos. Ele havia acabado de sair da fazenda onde trabalhava e seguia para casa pela Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), quando bateu de moto na traseira de um caminhão.

Conforma informou a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o caminhão estava parado no meio da pista porque o combustível havia acabado. Casos como esse, poderiam ser evitados. Jean era casado e pai de três filhos, entre eles uma menina de um ano.

De acordo com o Infosiga, das 16 cidades que compõem a região administrativa de Barretos, a cidade registrou 17 mortes, seguida por Bebedouro, com oito.

Do total de acidentes, 23 vítimas seguiam em motos, 14 estavam em carros e sete eram pedestres. O restante estava em caminhões ou veículos que não foram informados ao sistema de dados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui