As obras de revitalização da Ponte da Amizade (BR-277/PR), realizadas pelo DNIT e iniciadas em outubro de 2014, entram agora na fase de intervenções sobre a pista de rolamento, fazendo com que o tráfego passe a funcionar em meia pista, no sistema Pare e Siga, a partir desta segunda-feira, dia 19. Um semáforo controlará o fluxo dos veículos, liberando um sentido por vez. O sistema é necessário para a substituição das placas de concreto danificadas e dos dispositivos de vedação das juntas de dilatação da pista. Paralelamente, serão fixadas novas grades nas laterais da ponte e realizados trabalhos de pintura. A previsão inicial é que o tráfego em meia pista funcione de 4 a 5 meses, 24 horas.

Caminhões com cargas de importação e exportação deverão seguir também novos horários para o tráfego, conforme acordo entre a Receita Federal do Brasil e a Aduana de Ciudad del Este (Paraguai): saída do Brasil a partir das 20 horas e entrada no Brasil a partir da 1 hora, de segunda à sexta-feira. Sendo que estes órgãos de controle poderão realizar ajustes nos horários em função da quantidade de veículos.

Para a travessia dos pedestres pelas laterais da ponte, inicialmente, não há mudanças. As duas laterais da ponte poderão ser utilizadas. Somente quando a colocação das grades for iniciada, este tráfego será restrito a apenas um lado.

A operação dos semáforos funcionará conforme a tabela abaixo:
DAS 7 HORAS DE SEGUNDA-FEIRA ATÉ ÀS 18 HORAS DO SÁBADO
HORÁRIO
BRASIL – PARAGUAI
PARAGUAI – BRASIL
Das 6 às 20 horas
Tempo: 5 minutos
Tempo: 5 minutos
Das 20 à 1 hora
Tempo: 20 minutos
Tempo: 10 minutos
Da 1 às 6 horas
Tempo: 5 minutos
Tempo: 25 minutos
DAS 18 HORAS DE SÁBADO ATÉ ÀS 7 HORAS DE SEGUNDA-FEIRA
HORÁRIO
BRASIL – PARAGUAI
PARAGUAI – BRASIL
Durante todo período
Tempo: 5 minutos
Tempo: 5 minutos
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) supervisionará o tráfego de veículos (lado brasileiro), bem como a Armada Paraguaya (lado paraguaio), ambas comunicando-se via rádio. Na fiscalização dos veículos a vistoria será realizada fora das filas para não interromper o tráfego. Terão prioridade no trânsito sobre a ponte os veículos de emergência em serviço, tais como ambulâncias e caminhões de bombeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui