MELHORIAS: O DER/PR está conduzindo diversas obras em rodovias estaduais, que têm como objetivo garantir melhorias na fluidez do tráfego e mais segurança aos usuários. Entre elas, estão o reinício dos trabalhos do Contorno Oeste de Marechal Cândido Rondon, a PR-970, na região Oeste, previsto para janeiro de 2022, na PR-323 e a implantação de quatro novas alças no viaduto Olindo Periolo, na BR-277. Fotos: Divulgação/DER-PR

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), serviços incluem a PR-323; implantação de quatro novas alças no viaduto Olindo Periolo, na BR-277; e o Contorno Oeste de Marechal Cândido Rondon, na PR-970

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) está conduzindo diversas obras em rodovias estaduais, que têm como objetivo garantir melhorias na fluidez do tráfego e mais segurança aos usuários.

Entre elas, estão o reinício dos trabalhos do Contorno Oeste de Marechal Cândido Rondon, a PR-970, na região Oeste, previsto para janeiro de 2022, na PR-323 e a implantação de quatro novas alças no viaduto Olindo Periolo, na BR-277.

No caso da PR-970, recentemente, ocorreu uma reunião entre o DER e a empreiteira responsável pelos serviços. Atualmente estão sendo realizados os serviços preliminares de topografia e limpeza de camada vegetal, além da instalação do canteiro de obras, onde serão mobilizados maquinários e equipes de trabalho.

O investimento é de R$ 20.840.776,18 para realização de serviços de terraplenagem, drenagem e obras de arte corrente, pavimentação, sinalização, uma trincheira e um viaduto. O contorno terá extensão de 6 quilômetros, ligando a PRC-467 e a BR-163, com as duas interseções em desnível sendo executadas nos entroncamentos com estas rodovias.

O projeto original previa um dispositivo tipo trombeta, com uma única alça para quem entrasse e saísse do contorno no sentido Guaíra, enquanto o viaduto tipo diamante terá duas alças do lado direto da pista, uma para quem vai entrar no viaduto e outra para quem está saindo dele. Na pista sentido Cascavel o acesso será feito por duas agulhas, em ambos os tipos de viaduto.

RETOMADAS: As obras do Contorno Oeste de Marechal Rondon foram retomadas. Foto Gilson Abreu/AEN

A obra do novo Contorno Oeste de Marechal Cândido Rondon está incluída no Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

BR-277

Outra obra em andamento é a implantação de quatro novas alças de acesso no viaduto Olindo Periolo, em Cascavel, na região Oeste. Essa adequação na obra de arte especial vai facilitar o acesso dos moradores à BR-277, tanto no sentido Foz de Iguaçu quanto no sentido Curitiba, bem como o acesso de condutores aos bairros próximos à rodovia no local. O viaduto foi construído originalmente em 2017, fazendo apenas a ligação entre bairros.

A obra inclui serviços de terraplenagem, drenagem e obras de arte corrente, pavimentação, sinalização e dispositivos de segurança, passeios e iluminação. O viaduto fica localizado no km 585 da rodovia federal BR-277, a cerca de um quilômetro do Trevo Cataratas e do Trevo da Portal. A obra teve início em junho deste ano, e deve ser concluída em 2022.

PR-323

Usuários da PR-323, na região Noroeste, encontram mais uma alteração na rodovia a partir de terça-feira (7), próximo a Doutor Camargo. O trânsito foi desviado da pista original para a nova pista duplicada, no segmento entre o km 177 e o km 179, para execução de serviços de restauração do pavimento antigo.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), responsável pela obra, fez toda a sinalização vertical e horizontal do local, orientando os condutores sobre a mudança.

Ao todo, são 6,3 quilômetros em obras, desde o km 174,2 em Doutor Camargo, até o km 180,5, a cerca de dois quilômetros do Rio Ivaí. A duplicação inclui uma nova pista com largura de 7,20 m (duas faixas de rolamento de 3,60 m, em sentido único), acostamentos externos de 2,50 m, e faixa de segurança interna de 1 metro. O investimento é de R$ 38.363.237,07.

No final de novembro a obra já modificou o trânsito local, no perímetro urbano de Doutor Camargo. Os veículos são desviados pela pista lateral do trevo na entrada da cidade, permitindo que a frente de trabalho avance na execução de um novo viaduto no local. A interseção será do tipo diamante, com uma entrada e uma saída à direita da pista central, em ambos os sentidos da rodovia.

SINALIZAÇÃO: O DER/PR fez toda a sinalização vertical e horizontal do local, orientando os condutores sobre a mudança. Foto: Divulgação/DER-PR

Para isso, serão executadas vias marginais nos dois lados da PR-323, com pista de rolamento de 4,50 metros em sentido único, espaço para estacionamentos com 2,50 metros de largura, e passeios para os pedestres.

Entre os km 178 e 180, também será implantado um ponto de retorno para quem vem de Doutor Camargo e precisa retornar ao município.

A obra está incluída no Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Mais informações no site do DER-PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui