VAI SUBIR EM 2021: A tarifa de pedágio da concessionária Rota do Atlântico, no Complexo Suape, no Pernambuco, subirá a partir de 0h do dia 4 de janeiro de 2021, passando para R$ 8,70. Foto: Divulgação

Aumento autorizado pela Agência de Regulação de Pernambuco (ARPE) entrará em vigor à zero hora; tarifa básica passa a R$ 8,70

A tarifa de pedágio da concessionária Rota do Atlântico, no Complexo Suape, no Estado do Pernambuco, subirá a partir de 0h do dia 4 de janeiro de 2021, de acordo com a autorização da Agência de Regulação de Pernambuco (ARPE), que foi publicada no Diário Oficial do Estado do Pernambuco, no último dia 19 de dezembro.

De acordo com a concessionária, o novo valor passa a vigorar pelo preço de R$ 8,70 que representa o arredondamento da variação do Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) é válido para automóvel, caminhoneta, furgão. Atualmente a tarifa básica é R$ 8,30 e representa um acréscimo de 4,81% no valor pago pelos motoristas.

A Rota do Atlântico dá acesso ao complexo Industrial de Suape e ao Litoral Sul de Pernambuco, e engloba as rodovias PE-009 e VPE-052. O trecho sob concessão começa na BR-101 Sul, na altura do Hospital Dom Helder Câmara, no município do Cabo de Santo Agostinho, passa pelo contorno do Cabo e segue até a PE-038, no distrito de Nossa Senhora do Ó, em Ipojuca.

Segundo a concessionária, o pedágio é uma das formas de remuneração dos cerca de R$ 470 milhões investidos pela Concessionária até o momento, para garantir a agilidade e a segurança viária. O valor abrange o Serviço 24 horas, que conta com guinchos leve e pesado, ambulância e viaturas de inspeção de tráfego acionados através do monitoramento de 50 câmeras distribuídas ao longo da rodovia ou pelo telefone de emergência 0800.031.0009.

Ao longo deste último ano, a Concessionária afirma que realizou, por dia, uma média de oito atendimentos de socorro mecânico, quatro atendimentos para remoção de veículos, além de um atendimento pré-hospitalares a cada seis, somando um total de 3.116 ocorrências ao longo deste ano.

Redução de acidentes

Com os esforços em segurança viária, a concessionária registrou este ano a redução de 68,5% no número acidentes em relação ao primeiro ano de operação, em 2014. Foram 165 de janeiro a dezembro de 2014 ante a 52 registrados ao longo de 2020. Por cinco anos consecutivos, as rodovias que compõem o Complexo Viário de Suape são as mais bem avaliadas de Pernambuco na pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT). Os trechos sob gestão privada da PE-009 e PE-052 foram considerados ótimo e bom em todos os quesitos avaliados: estado geral, pavimento, sinalização e geometria da via.

Veja os novos valores de acordo com a categoria:

Categoria Tipo de Veículo Número de Eixos Rodagem Multiplicador da Tarifa Tarifas (R$)
1 Automóvel, caminhonete e furgão 2 Simples 1 8,70
2 Caminhão leve, Ônibus, caminhão-trator e furgão 2 Dupla 2 17,40
3  Caminhão, caminhão-trator, caminhão-trator com semirreboque e Ônibus 3 Dupla 3 26,10
4 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semirreboque 4 Dupla 4 34,80
5 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semirreboque 5 Dupla 5 43,50
6 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semirreboque 6 Dupla 6 52,20
7 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semirreboque 7 Dupla 7 60,90
8 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semirreboque 8 Dupla 8 69,60
9 Caminhão com reboque, caminhão-trator com semirreboque 9 Dupla 9 78,30
10 Automóvel ou caminhonete c/ semirreboque 3 Simples 1,5 13,10
11 Automóvel ou caminhonete c/ reboque 4 Simples 2 17,40
12 Motocicleta, motoneta e bicicleta a motor 2 Simples 0,5 4,40

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui