PRF recebeu na segunda-feira (18), a visita de adidos policiais do Peru e da Colômbia. Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recebeu nessa segunda-feira (18), em Brasília (DF), os adidos policiais da Colômbia e do Peru.

O objetivo do encontro serviu para que o coronel William Valero Torres, adido da Polícia Nacional da Colômbia, e do comandante Enrique Mendoza Sanches, adido adjunto da Polícia Nacional do Peru, conhecessem de perto o trabalho da corporação no Brasil.

Dentre os assuntos tratados, os representantes da Colômbia e do Peru puderam conhecer as atribuições, a capacidade operativa, os recursos de material e de pessoal e, principalmente, pudessem contribuir para o aperfeiçoamento da Divisão de Operações Aéreas (DOA) da Polícia Rodoviária Federal (PRF) por meio de parcerias.

Os adidos foram recebidos pelo coordenador do Comando de Operações Especializadas (COE), Fábio Cassimiro, e pelo chefe substituto da DOA, Edwillams Oliveira.

Os policiais estrangeiros visitaram as instalações da sede da Divisão de Operações Aéreas, conheceram as aeronaves que estavam hangaradas na unidade e tiveram, ainda, a oportunidade de conhecer os equipamentos utilizados pelos componentes da área especializada e assistir a vídeos sobre a formação dos pilotos e operadores de equipamentos especiais da DOA.

MOEDA: Ao final do encontro o coronel Valero entregou ao comandante do COE uma moeda institucional da Polícia Nacional da Colômbia como símbolo da amizade entre as forças.

A visita foi promovida pela Assessoria Internacional da PRF, sendo representada, na oportunidade, pelo policial rodoviário federal Otávio Freitas.

Durante a visita, o coronel Valero, adido da Polícia Nacional da Colômbia ofereceu a disponibilidade de vagas para alguns cursos ministrados pela instituição colombiana. Dentre eles o de pilotagem policial, que tem como finalidade aperfeiçoar o piloto para ações tipicamente voltadas ao serviço de segurança pública.

A Polícia Rodoviária Federal também deixou as “portas abertas” para atender aos interesses daquelas corporações, já que ministra diversos cursos de reconhecimento internacional.

PORTAS ABERTAS: PRF deixou as ‘portas abertas’ para os países vizinhos para atender aos interesses das corporações

Ao final do encontro o coronel Valero entregou ao comandante do COE uma moeda institucional da Polícia Nacional da Colômbia como símbolo da amizade entre as forças.

A integração entre instituições do porte da PRF, Polícia Nacional da Colômbia e a Polícia Nacional do Peru são de grande importância para o desenvolvimento das relações internacionais entre os países, assim como para o aperfeiçoamento das técnicas empregadas pelos operadores de segurança pública.

As parcerias entre a PRF e as polícias de nações amigas são celebradas através de acordos de cooperação técnica, com o respaldo do governo brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui