As rodovias administradas pela Rodovias das Colinas reduziram, no primeiro semestre de 2014, em 44% o número total de acidentes com vítimas fatais em comparação com os primeiros seis meses de 2013. Enquanto de janeiro a junho do ano passado as vias contabilizaram 41 acidentes no total, o mesmo período de 2014 registrou 23 ocorrências do tipo. O número de mortes também sofreu redução de 44%, indo de 43 para 24 em 2014.

A rodovia que mais apresentou queda em números foi a SP-075, que liga Campinas à Itu e é a principal via de ligação ao Aeroporto Internacional de Viracopos. Entre janeiro e junho de 2013 a via registrou 20 acidentes com um total de 20 mortos. No mesmo período de 2014 este número caiu pela metade, com 10 acidentes e 10 mortos.

Na SP-127, entre os municípios de Rio Claro e Tietê, houve redução de sete acidentes com oito mortos em 2013 para seis ocorrências com sete vítimas fatais em 2014. O trecho entre Itu e Tatuí da Rodovia Presidente Castello Branco (SP-280) também registrou queda. Nos primeiros seis meses de 2013, foram cinco acidentes fatais com cinco mortos. Já neste período de 2014, a redução chegou a dois acidentes com duas vítimas fatais. Por último, a SP-300, entre as cidades de Jundiaí e Tietê contabilizou nove acidentes com 10 vítimas fatais no primeiro semestre de 2013. Já em 2014, foram cinco ocorrências com cinco vítimas.

Segundo o gerente de operações da Rodovias das Colinas, José Eduardo Cardoso de Almeida, os números são resultado da soma de diversos aspectos que envolvem o trânsito rodoviário. “É o investimento em infraestrutura, como as duplicações e recapeamentos realizados pela concessionária, juntamente com as atividades de conscientização junto aos usuários e também de uma melhor compreensão do usuário quanto à sua responsabilidade em uma rodovia. Estes fatores, juntos, contribuíram para este índice satisfatório”, conta.

A Colinas reconhece que, apesar dos números apresentados, o objetivo principal é continuar a diminuir estes dados, aproximando-os do zero. Para isso, a concessionária continuará intensificando seus trabalhos por meio das obras, deixando as rodovias com ainda mais qualidade e seguras e incentivando a conscientização de seus usuários com as atividades do Plano de Redução de Acidentes (PRA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui