CAPOTAMENTO: Acidente na BR-365, na sexta-feira (19), próximo à cidade de Luizlândia do Oeste (MG), deixou a esposa de um coronel da PM em Uberlândia, morta, após capotamento do veículo que dirigia. Foto: Aderlei de Souza/Ilustrativa

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), mulher perdeu o controle, saiu da pista e capotou o veículo; ela seguia de Uberlândia para Montes Claros

Morreu na tarde desta sexta-feira (19), em um acidente na BR-365, Elisângela Alves Mota Chinelato, que era esposa do coronel Alex Augusto Chinelato. Ele deixou o comando da 9ª Região de Polícia Militar (RPM), com sede em Uberlândia (MG) nesta quinta-feira (18).

O acidente ocorreu próximo a Luizlândia do Oeste. Segundo informações do Corpo de Bombeiros de Pirapora, que atendeu a ocorrência, o carro que ela dirigia capotou e a condutora ficou presa às ferragens. O óbito foi constatado no local. Não havia passageiros no veículo.

Perda de controle

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Três Marias (MG), a motorista perdeu o controle da direção, o carro saiu da pista, capotou e bateu em uma árvore. Porém, não se sabe o que pode ter ocasionado o acidente, pois não houve outros envolvidos e testemunhas.

Mas foi constatado que havia algumas marcas de arrastamento de pneu no asfalto. Ainda, de acordo com a PRF, um usuário da rodovia que parou para ajudar a vítima instantes depois do capotamento foi picado por uma cascavel antes da chegada da guarnição. Ele foi encaminhado ao hospital .

A Polícia Civil de Paracatu, na região Noroeste do estado, foi acionada para realizar a perícia no local. Ao G1 foi informado que os trabalhos preliminares foram feitos no local e é necessário os laudos do perito para mais informações.

TRISTEZA: Elisângela Chinelato era gerente de um parque em Montes Claros (MG) e estava voltando de Uberlândia para a cidade onde morava, quando por motivos a serem esclarecidos capotou o veículo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui