4 VEZES MAIS: Caminhoneiro foi flagrado pela PRF na BR-242, me Barreiras, na Bahia, dirigindo embriagado. Teste acusou índice quatro vezes superior ao limite para crime. Foto: Divulgação

Índice de embriaguez foi de quatro vezes maior que o valor considerado como crime

Um acidente no km 799 da BR-242, em Barreiras, na Bahia, na tarde dessa segunda-feira (22) envolvendo um caminhão Mercedes-Benz deixou o condutor ferido levemente, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que flagrou o momento que o veículo saiu da pista em sentido contrário e invadiu o canteiro central da rodovia.

Ainda de acordo com a PRF, o caminhão estava fora de controle e quase colidiu com outros veículos que transitavam na via. Diante do fato, os PRFs seguiram para o local do acidente e prestaram os primeiros socorros ao motorista que não apresentava lesões aparentes.

O condutor, um homem de 55 anos, foi submetido ao teste com etilômetro, cujo resultado aferiu 1,18 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões), comprovando a embriaguez. O teste no aparelho apresentou índice quase 4 vezes maior do valor considerado como crime que é de 0,34 mgL.

Além de detenção por crime de trânsito, a multa por alcoolemia custa R$ 2.934,70, valor que é duplicado em caso de reincidência. Ademais, ocorre a penalidade administrativa que suspende ou proíbe o motorista de obter a habilitação ou permissão para dirigir veículo automotor por um período de 12 meses. Diante dos fatos, a ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

A PRF alerta sobre as consequências da combinação de álcool e volante e atua no policiamento ostensivo e preventivo, sendo priorizada a fiscalização de condutas de risco como ultrapassagens proibidas, alcoolemia ao dirigir, excesso de velocidade, dentre outras, com foco na redução de acidentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui