TAGS: Caminhoneiro recebendo seu TAG no pedágio Foto: Divulgação
Atualizada (*) às 19h15 de 2/4/20

Concessionárias de rodovias estão distribuindo tags gratuitamente para caminhoneiros. Com este equipamento, é possível passar mais rapidamente pela cancela do pedágio e o valor da tarifa é debitado na conta do proprietário do veículo. A justificativa é que assim, além de ganhar tempo, o motorista ainda evita o contato com funcionários nas praças de pedágio e a contaminação do coronavírus.

Entretanto, a pegadinha está no futuro, além de as concessionárias reduzirem seu custo, eliminando funcionários na operação, quando entregam as tags, elas e as empresas que operam o sistema afirmam que o caminhoneiro terá isenção de 12 mensalidades que ele deveria pagar para usar o serviço e não pagará a taxa de adesão. Passados 12 meses, o proprietário começará a pagar a mensalidade sem ao menos perceber.

Nos EUA, quem usa a rodovia com regularidade não só não paga mensalidade como ainda tem desconto. Aqui, criaram o PEDÁGIO DO PEDÁGIO. Está na hora de quem mais passa pelo pedágio ter desconto e não ser tratado da mesma forma como quem passa eventualmente. Quanto mais, ainda, pagar mensalidade para, na prática, reduzir os custos da concessionária de rodovia.

Governo de SP se manifesta

Nesta quinta-feira (2), a Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo enviou, por meio da assessoria de imprensa, uma nota a respeito da matéria publicada pelo Estradas.com.br em 1º de abril.

Veja a íntegra:

Em tempos de pandemia do coronavírus, todas as medidas estão sendo adotadas para evitar a disseminação do vírus. Desta forma, é fundamental reduzir a exposição, evitando aglomeração e o contato físico.

É nesse sentido que o Governo de São Paulo está distribuindo mais de 20 mil adesivos eletrônicos para a cobrança automática nos pedágios. Ou seja, a medida protege todos os profissionais envolvidos.

A distribuição não fideliza o usuário. Ao final do período de gratuidade, ele poderá fazer o cancelamento do plano sem nenhum custo. Além da economia nesse período de crise, o caminhoneiro ganha tempo na viagem, uma vez que a estimativa é que ele economize cinco minutos em cada passagem pela praça de pedágio.

São Paulo não está medindo esforços para manter a economia do nosso Estado funcionando e ajudando o Brasil a sair deste momento difícil.

(*) Matéria atualizada após o recebimento da carta-resposta da Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, às 19h15, de 2/4/20.

1 COMENTÁRIO

  1. Só p dizer que só paga mensalidade desinformado. A c6bank que é uma concorrente da nubank já oferece uma TAG SEM MENSALIDADE!! paga o que usar apenas e nada mais por isto…qual a pegadinha? Nenhuma…qual a regra? Ele desconta do saldo da conta do c6bank, claro q se não houver saldo disponível ele não abre a cancela…mas o valor lá fica rendendo mais que a poupança, não é um alto investimento mas…fica a dica

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui