FLAGRANTE: Agentes da PRfF localizaram com a ajuda do cão farejador K-9 Bud mais de 500 gramas de skank, conhecida como supermaconha na bagagem de um dos passageiros no onibus que fazia o trajeto Vitória da Conquista (BA) a São Paulo. Foto: Divulgação

 

A Polícia Rodoviária federal (PRF) apreendeu na BR-040 mais de meio quilo de skunk em um ônibus que seguia para a Bahia. A droga foi encontrada com auxílio de cães farejadores. O flagrante aconteceu em Três Rios, Centro-sul Fluminense, na tarde de terça-feira (18).

De acordo com os policiais, após abordarem um ônibus que fazia o itinerário São Paulo (SP) – Vitória da Conquista (BA) fizeram uma revista no bagageiro, e o cão farejador K9 Bud indicou que havia algo de errado dentro de uma mala. Quando os policiais abriram, encontraram aproximadamente 600 gramas de skunk.

Um homem foi identificado como dono da bagagem. Ao perceberem o nervosismo de outro passageiro, os policiais resolveram revistá-lo e encontraram um cigarro de maconha dentro da mochila dele. Além disso, também havia cerca de 20 gramas de haxixe embaixo da poltrona onde ele estava.

O suspeito, de 36 anos, ainda tentou enganar os policiais apresentando um documento falso. Ele acabou sendo identificado como dono da droga que o outro homem levava. Ambos viajavam juntos, mas em poltronas separadas.

A ocorrência foi encaminhada para a 108ª DP (Três Rios). A dupla foi indiciada por tráfico de entorpecentes. A pena prevista para o crime varia de 5 a 15 anos de reclusão.

Sobre a droga

skunk é uma espécie de maconha mais concentrada. A droga possui alto teor de Tetra-hidrocanabinol (THC), que é o princípio ativo da cannabis sativa. O entorpecente é vendido principalmente para usuários de alto poder aquisitivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui