SALA DE AULA: Agentes da PRF da Bahia participaram do Projeto Educar, no qual buscaram conscientizar os diversos atores do trânsito, sejam eles pedestres, ciclistas, condutores ou passageiros sobre educação no trânsito e sobre o respeito às leis. Fotos: Divulgação

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), mais de quatro mil pessoas foram sensibilizadas em escolas e rodoviárias da capital e região metropolitana

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), da Bahia, finalizou com êxito a I etapa da Operação Educar PRF. As atividades iniciaram na segunda-feira (7) com um briefing no auditório da sede regional e encerrou-se na sexta-feira (11).

De acordo com a PRF, ao todo 4.350 pessoas foram sensibilizadas através de ações educativas visando a assimilação de hábitos e atitudes responsáveis no trânsito.

Ainda de acordo com a corporação, durante cinco dias de atividades, as equipes buscaram conscientizar os diversos atores do trânsito, sejam eles pedestres, ciclistas, condutores ou passageiros sobre educação no trânsito e sobre o respeito às leis.

Grande parte das palestras foram realizadas para alunos de escolas públicas e particulares, por se tratar de um espaço privilegiado na formação de cidadãos e da importância dos ‘pequenos’ na luta por um trânsito mais seguro.

Ao final os estudantes se mostraram exímios fiscalizadores dos motoristas e foram incentivados a ajudar a melhorar o comportamento dos adultos e também deles mesmos, pois já fazem parte do trânsito como pedestres, ciclistas ou passageiros.

Nas visitas foram abordados temas tais quais: estimular uso do cinto de segurança, direção defensiva e equipamentos de segurança pelos motociclistas, conduta correta de pedestres, coibir o uso de bebida alcoólica na condição de pedestre e/ou condutor, além do desestímulo as ultrapassagens proibidas, excesso de velocidade e utilização do uso do celular durante a condução veicular. Além da oportunidade que os alunos tiveram de conhecer o trabalho da Polícia Rodoviária Federal.

NO ÔNIBUS: Passageiros também foram orientados sobre os cuidados com a segurança em viagens rodoviárias.

Já no terminal rodoviário foram abordados mais de 50 ônibus e conscientizadas aproximadamente 1.800 pessoas. O tema principal das palestras foi sobre a importância do uso de segurança por todos os ocupantes de transporte coletivo, bem como o acondicionamento correto das bagagens para assegurar uma viagem tranquila. Houve também a distribuição de broches “Amiguinhos da Rodovia”.

Sobre o trabalho realizado a PRF Janaína Cavalcante de Sousa, Coordenadora do Projeto e Presidente do GETRAN/BA, ressaltou a importância das ações educativas em prol de um trânsito seguro e a difícil tarefa de educar as crianças para um trânsito melhor. “ Quero parabenizar todas as equipes pelas atividades realizadas nessa semana, mesmo com as mudanças ocorridas, e o comprometimento nessa Operação. Espero que tenham aproveitado uma semana diferente, com o envolvimento com crianças, adolescentes e adulto, no difícil objetivo de sensibilizar pedestres, passageiros e condutores, para um trânsito melhor e mais seguro para todos, em prol da Vida”, disse Janaína.

Participaram da operação 13 policiais, dentre coordenação, equipe de apoio e efetivo convocado com policiais que trabalham na sede da superintendência e das delegacias do estado. A segunda etapa do projeto ocorrerá entre os dias 20 e 25 deste mês, em Eunápolis.

A redução de acidentes nas rodovias federais é um compromisso firmado pela PRF, que se comprometeu a intensificar medidas para prevenir os acidentes no trânsito durante a “Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020”, lançada em 2011 pela Organização das Nações Unidas (ONU). A meta proposta no período é de redução de 50% das vítimas fatais no trânsito.

A PRF informa que palestras e ações educativas são realizadas gratuitamente em órgãos públicos, empresas, faculdades, escolas, comunidades durante todo o ano. Basta enviar um e-mail para getran.ba@prf.gov.br e verificar a disponibilidade da data.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui