AÇÃO CONJUNTA: PRF e Ibama promoveram operação especial de fiscalização do correto uso e funcionamento do sistema de redução de emissão de poluentes Arla 32. A operação aconteceu ontem no km 766 da BR-040, em Juiz de Fora (MG). O trabalho foi realizado em parceria com o Ibama. Foto: Divulgação

Produto é usado para reduzir as emissões de óxidos de nitrogênio

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou operação especial de fiscalização do correto uso e funcionamento do sistema de redução de emissão de poluentes Arla 32. A operação aconteceu ontem no km 766 da BR-040, em Juiz de Fora (MG). O trabalho foi realizado em parceria com o Ibama.

O foco foi averiguação de licenças, fichas de emergência, equipamentos de proteção individual, regularidade dos tanques, rótulos de risco e painéis de segurança. O Arla 32 é usado para reduzir as emissões de óxidos de nitrogênio (NOx) em veículos equipados com tecnologia SCR (sistema desenvolvido para reduzir os níveis de óxidos de nitrogênio).

A PRF recolheu sete certificados de registro e licenciamento de veículo para regularização de Arla 32, além de registrar 31 autos de infrações de trânsito. Foram recolhidos um cavalo trator por falha no sistema Arla 32 e um semirreboque usado no transporte de cimento com sinais de identificação adulterados. Eles foram encaminhados para a Polícia Civil de Juiz de Fora. Ao longo do dia, foram lavrados, pelo Ibama, sete autos de infração relacionados a problemas no uso do Arla 32.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui