PRISÃO: Agentes da PRF, no Paraná, prenderam no domingo 915), cinco pessoas por porte de drogas e munições, na BR-277, em Cascavel (PR). Foto: Divulgação

Apreensões foram realizadas no domingo (15); além de 225 quilos de drogas, foram apreendidas 100 munições

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na BR-277, em Cascavel (PR), na tarde desse domingo (15), cinco pessoas por tráfico de drogas em três ocorrências consecutivas.

De acordo com a PRF, as apreensões foram feitas pela mesma equipe da PRF, em um intervalo de dez horas. Ainda de acordo com os agentes, no total, foram apreendidos mais de 225 quilos de drogas e 100 munições.

Crack

Na primeira apreensão, por volta das 9h, um casal foi preso em flagrante com um quilo de crack e quase meio quilo de cocaína, no Km 549 da BR-277, em Catanduvas.

Os tabletes estavam escondidos junto ao estepe de um automóvel Peugeot 206. O casal, que tinha saído de Foz do Iguaçu (PR), entregaria as drogas em Ibema (PR).

À tarde, os policiais abordaram em Cascavel um segundo casal, de nacionalidade paraguaia, que ocupava um automóvel Mercedes-Benz E300. Diante do nervosismo do casal, os agentes resolveram fazer uma fiscalização minuciosa do carro.

Atrás do banco traseiro, em um compartimento oculto, estavam escondidos 102,5 quilos de maconha. O casal saiu de Ciudad del Este, no Paraguai, e pretendia levar a carga ilícita até Curitiba.

No início da noite, por volta de 19h, a mesma equipe da PRF abordou um outro automóvel Mercedes-Benz E300, ocupado por um motorista paraguaio. Atrás do banco traseiro também foi encontrado um compartimento oculto, no qual estavam 121,5 quilos de maconha e 100 munições –metade de calibre 38 e a outra metade, .40.

O homem saiu de Salto del Guairá, no Paraguai, e tinha como destino a cidade de Curitiba.

A PRF encaminhou a primeira ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Catanduvas. E as duas seguintes, para a Delegacia da Polícia Federal em Cascavel.

O crime de tráfico de drogas tem pena prevista de cinco a 15 anos de prisão. E o de tráfico internacional de armas de fogo ou munições, quatro a oito anos. A faixa etária dos cinco presos é entre 22 anos e 31 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui