Estudo da Confederação Nacional do Transporte, que avalia a qualidade da malha rodoviária do país, classifica no ‘Top 20’ das melhores rodovias a Dom Pedro 1º ( em 2º lugar), a Carvalho Pinto (11º) e a Presidente Dutra (19º)

Três rodovias que cortam o Vale foram classificadas entre as 20 melhores do país, de acordo com pesquisa anual, publicada nesta terça-feira pela CNT (Confederação Nacional do Transporte).

O estudo cientifico que está em sua 21ª edição avaliou a qualidade da malha viária das rodovias federais e estaduais de todo o país. No Vale, elas são ótimas, boas e regulares.

As rodovias Dom Pedro 1º e a SP-340 que formam a ligação Campinas – Jacareí apareceram em segundo lugar no ranking geral da pesquisa, que avaliou o trajeto como ‘ótimo’ para uso dos motoristas. A rodovia ficou atrás apenas da rodovia dos Bandeirantes, entre São Paulo e Limeira, eleita a melhor rodovia brasileira.

Quarto lugar em 2016, a rodovia Carvalho Pinto, no trecho de São Paulo a Taubaté ficou em 11º este ano. A rodovia manteve o status de ótima.

Principal corredor entre São Paulo e Rio de Janeiro, a rodovia Presidente Dutra (BR-116), que corta a região do Vale do Paraíba, atingiu a 19ª posição neste ano e superou a marca do ano passado, quando ficou na 22ª colocação. As condições da rodovia foram classificadas como boas.

A concessionária informou, em nota, que foram investidos mais de R$ 17 bilhões na modernização da rodovia nos últimos 21 anos de administração.

CONDIÇÕES

A pesquisa indicou piora da qualidade das rodovias nacionais em comparação com 2016.

Em 2017, 61,8% da extensão das rodovias pesquisadas tiveram o estado geral considerado regular, ruim ou péssimo; no ano passado, 58,2% foram classificadas nessas condições.

“A queda na qualidade tem relação direta com um histórico de baixos investimentos em infraestrutura e com a crise econômica “, afirmou o presidente da CNT, Clésio Andrade.

Tamoios, Oswaldo Cruz e Floriano são boas e regulares, diz pesquisa

A Tamoios, que liga São José dos Campos a Caraguatatuba registrou ‘bom’ na avaliação geral, realizada pela CNT (Confederação Nacional de Transporte). Outro caminho para o Litoral Norte, agora de Taubaté a Ubatuba, a rodovia Oswaldo Cruz registrou o pior índice do Vale e foi classificada como ‘regular’. Já a rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, na Serra da Mantiqueira, foi avaliada como ‘boa’.

O estado de São Paulo registrou 18 rodovias entre as 20 melhores avaliadas no ranking nacional, divulgado pela Confederação Nacional do Transporte, nesta terça-feira.

Fonte: Investe SP

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui