A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realiza nesta segunda-feira (22) a última audiência pública para tratar sobre os editais de concessão do trecho Sul da BR-101. O encontro vai ocorrer em Brasília, na sede do órgão federal, a partir das 14 horas.

Esta audiência estava marcada inicialmente para o dia 15 deste mês. Entretanto, devido a um problema técnico, foi preciso adiar a reunião. Sendo assim, as audiências públicas que seriam realizadas em território catarinense acabaram ocorrendo antes, sendo a primeira em Florianópolis e a outra em Criciúma.

Conforme a ANTT, essas reuniões servem para que a entidade receba sugestões que possam alterar e melhorar as condições previstas nos editais que foram apresentados pela agência. A previsão é de que leilão do trecho ocorra até o terceiro trimestre de 2019.

O trecho que deve ser entregue à iniciativa privada terá 220,4 quilômetros de extensão, entre Paulo Lopes, na Grande Florianópolis, e São João do Sul, na divisa com o Rio Grande do Sul.

Conforme os estudos apresentados pela ANTT, espera-se uma tarifa máxima de pedágio de R$ 3,97, para cada uma das quatro praças de cobrança previstas no trecho. As praças seriam instaladas em Laguna, Tubarão, Araranguá e São João do Sul.

De acordo com a ANTT, a empresa que vencer o leilão ficará obrigada a realizar a manutenção de trechos da rodovia, além de prestar serviços como a disponibilização de socorro mecânico e atendimento médico de urgência aos usuários. Ela também deverá realizar a construção de acessos às cidades cortadas pela rodovia, entre outros.

Fonte: www.dc.clicrbc.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui