Ao todo, 354 veículos foram fiscalizados em duas vias de grande movimento na cidade

Doze motoristas foram autuados por dirigir sob efeito de álcool em Mogi das Cruzes, entre a noite desta sexta-feira (10) e madrugada de sábado (11), durante as blitze da Lei Seca realizada em duas vias do município.

Ao todo, foram fiscalizados 354 veículos nas ruas Prefeito Carlos Ferreira Lopes e Cabo Diogo Oliver.

Os condutores foram autuados por embriaguez ao volante ou recusa ao teste do etilômetro e terão de pagar multa no valor de R$ 2.934,70, além de responderem a processo administrativo no Detran.SP para a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Três dos condutores autuados, além das penalidades, também responderão na Justiça por crime de trânsito porque apresentaram índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro. Se condenados, poderão cumprir de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

Pela Lei Seca (lei 12.760/2012), todos os motoristas flagrados em fiscalizações têm direito a ampla defesa, até que a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) seja efetivamente suspensa. Se o condutor voltar a cometer a mesma infração dentro de 12 meses, o valor da multa será dobrado.

 www.g1.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui