TRAGÉDIA NO MATO GROSSO: 13 pessoas morreram em uma colisão frontal na BR-174, em Comodoro (MT), neste sábado (30). A maioria era paciente de hemodiálise. Duas pessoas sobreviveram. Fotos: Divulgação

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ocorrência foi neste sábado (30), em Comodoro, a 667 quilômetros de Cuiabá

Um grave acidente (sinistro) na BR-174, na manhã deste sábado (30), em Comodoro (MT), envolvendo uma van e uma SUV da marca Toyota, modelo SW4, deixou 13 pessoas mortas, sendo 11 da van, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ainda de acordo com os agentes, houve uma colisão frontal num trecho em linha reta, porém com faixas contínuas (onde é proibida a ultrapassagem). Os motivos da batia serão investigadas.

Segundo a PRF entre as vítimas fatais, 11 estavam na van e oito eram pacientes. Entre os dois sobreviventes, a técnica de enfermagem Silvana Machado, que estava na van acompanhando os pacientes que iriam fazer hemodiálise, e um ocupante da SW4, cuja identidade não foi confirmada. O veículo fazia o transporte de pacientes da região para tratamento de hemodiálise, em Vilhena (RO).

Conforme relato dos inspetores, na SUV, estavam três pessoas que vinham de Ariquemes (RO) com destino a Curitiba (PR) e dois deles morreram. Além dos oito pacientes na van, morreram dois acompanhantes e o motorista.

DESTRUIÇÃO: Van e SUV da Toyota ficaram destruídas após a colisão de frente num trecho em linha reta.

Quem são as vítimas fatais:

  • Pacientes: João Alves Franco, José Luís da Silva, Antônio Pereira Soares, Silvalda Souza Silva, Luiz Guslinski, Geraldo Aparecido, Cenire dos Santos e Mailon Rocha
  • Acompanhantes: Aparecida Guslinski e Elenice Fernandes de Souza
  • Motorista da van: Elias Santos
  • Ocupantes da SW4: Marcio Coelho e Juliano Coelho

Segundo a PRF, os dois feridos foram encaminhados para o Hospital Regional de Cáceres (MT). A Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), e a Polícia Militar de Mato Grosso, além da funerária local foram até o local do sinistro.

TRISTEZA: Equipes dos Bombeiros, da Polícia Militar e Civil de Mato e do SAMU foram ao local do sinistro.

Conforme disseram os agentes, a van pertence à Secretaria de Saúde de Comodoro que fazia o transporte de pacientes da região para tratamento de hemodiálise, no Instituto do Rim de Vilhena, em Vilhena (RO).

Luto oficial

A Prefeitura de Comodoro decretou luto oficial de três dias por causa do acidente envolvendo um veículo oficial do município que realizava o transporte de moradores para Vilhena, para atendimento médico, e um veículo particular, “que ceifou prematuramente a vida de pacientes, acompanhantes e um servidor público”.

ULTRAPASSAGEM: A PRF ainda não sabe qual dos veículos fez uma manobra proibida. Trecho não permite ultrapassagem.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui