O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) abordou 2.189 veículos do transporte intermunicipal de passageiros no Litoral do Estado durante a Operação Verão Paraná 2018, iniciada no dia 21 de dezembro e encerrada no domingo (18). Deste total, 185 receberam notificações por irregularidades de diversos tipos, como ausência de documentos, falta de licença e operação de serviço clandestino.

Segundo a gerente de fiscalização do DER, Maria Elizabete Bozza, o principal objetivo da fiscalização é banir ou reduzir a execução de serviços de transporte intermunicipal clandestinos nas rodovias do Estado, o que expõe a riscos passageiros e demais veículos em circulação, além de melhorar a qualidade dos serviços registrados. De acordo com Bozza, em comparação com o mesmo período do ano passado, o percentual de penalidades aplicadas se manteve em torno de 9% sobre o total de veículos abordados. “O Estado monitora constantemente a qualidade dos serviços prestados e conseguiu reduzir a clandestinidade”, afirmou.

DOCUMENTAÇÃO – A infração campeã de notificações foi trafegar sem portar os documentos obrigatórios. Foram 100 casos, correspondendo a 54% do total. “O DER permanece orientando as empresas que foram notificadas por ausência de documentação, para tentar reduzir esse percentual e regularizar a situação”, diz a gerente de fiscalização.

Foram flagrados ainda 36 veículos sem registro e sem licença (o que caracteriza o serviço clandestino) – contra 55 no mesmo período do ano passado, além de 27 ônibus e vans circulando sem licença específica (ante 62 na Operação Verão Paraná de 2017).

As multas variam entre R$ 486,75, no caso de atrasos de horários, até R$ 4.867,50, em casos de serviço clandestino. As multas emitidas pelo órgão nesta temporada somaram R$ 385,7 mil. Pela primeira vez, a fiscalização contou com uma unidade móvel para agilizar os serviços. O micro-ônibus adaptado pelo DER para servir de escritório móvel foi utilizado nas ações de fiscalização, trazendo mais conforto e agilidade aos serviços prestados pelos agentes.

Fonte: Agencia de Noticias do Parana

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui