OPERAÇÃO: O DNIT promoveu uma operação tapa-buracos nas rodovias do estado de Goiás e do Distrito Federal e reparar 80% dos problemas. Foto: Divulgação

Resultado é fruto do esforço da equipe, entre 2018 e maio deste ano

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Superintendência Regional no estado do Goiás e no Distrito Federal, reduziu em mais de 80% o número de buracos na região. O resultado foi possível graças a um ritmo acelerado em cinco meses de trabalho, entre dezembro de 2018 e maio deste ano.

No início da força tarefa foram identificados cerca de 10 mil buracos. Atualmente é possível detectar um total de 1.917 buracos. E essa redução tende a continuar graças ao engajamento de toda a equipe em zerar o número de buracos nas rodovias federais. Com isso, o DNIT garante melhores condições de trafegabilidade ao usuário das BRs.

Ações nas vias

Uma das ações foi registrada na BR-153/GO, no segmento que liga os municípios de Anápolis e Ceres, no estado de Goiás. Durante a força tarefa, foram realizados os serviços de fresagem descontínua e recomposição do revestimento em CBUQ, tipo de camada asfáltica responsável por receber e transmitir a carga dos veículos, servindo ainda na proteção contra intemperismo.

A rodovia é o principal eixo de ligação rodoviária da parte norte com as demais regiões do Brasil, possibilitando a integração econômica e o escoamento da produção agropecuária e industrial. A rodovia longitudinal BR-153 atravessa oito estados brasileiros, do Pará ao Rio Grande do Sul. Além disso, a rodovia é essencial para o turismo, funcionando como uma via de conexão com os estados vizinhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui