Aproximadamente, três quilômetros entram em operação nesta segunda-feira (11/09).

Uma das premissas das obras de duplicação da BR-116/392, no trecho entre o Contorno de Pelotas e Rio Grande, é oferecer mais segurança aos usuários e conforto aos moradores lindeiros. Mesmo com o ritmo dos serviços considerado lento, comparado as obras em 2013, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes no Estado do RS (DNIT/RS) entrega, nesta segunda-feira (11/09), mais um trecho duplicado ao tráfego de veículos. A liberação estende-se do quilômetro 526 da BR-116, ao quilômetro 522,7, na ponte sobre a Barragem Santa Bárbara. Ao todo serão mais 3,3 quilômetros operando em pista dupla.

A entrega compreende o viaduto construído no entroncamento da BR-116 com a Avenida Herbert Hadler, localizado no quilômetro 525,520. “O DNIT já havia estudado este local e o apontado como prioritário, principalmente para facilitar o deslocamento dos moradores do entorno”, destacou o engenheiro do DNIT, Vladimir Casa – Supervisor da UL de Pelotas. A movimentação de veículos que era realizada em desvio na rua lateral direita, no sentido Porto Alegre – Jaguarão, passa a fluir em pista dupla na parte superior do viaduto. A liberação inclui ainda os movimentos de tráfego na parte inferior da estrutura para acesso local. Em caso de chuva a operação será transferida.

Pensando nos usuários do transporte coletivo desta localidade, a Unidade Local do DNIT dialogou com a Secretaria de Transporte e Trânsito de Pelotas a fim de modificar a parada de ônibus existente do lado aposto a rua Lauro Ribeiro, buscando evitar que a comunidade necessite cruzar as duas pistas. Um novo itinerário foi definido pela secretaria e pode ser conferido no site do Consórcio de Transporte Coletivo de Pelotas. A Autarquia também trabalha para avançar os serviços na rua lateral para poder liberar a saída de veículos da rua Lauro Ribeiro em direção a BR-116.

Com 88,5% da obra concluída, esta é a sexta entrega de trecho ao tráfego que ocorre no Contorno de Pelotas. A primeira aconteceu em março de 2015 compreendendo cinco quilômetros próximo ao bairro Sítio Floresta. Dos 23,7 quilômetros do empreendimento, aproximadamente 16 quilômetros agora operam em pista dupla. As liberações de trecho acontecem com o apoio da concessionária Ecosul e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Fonte: ASCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui