RITMO ACELERADO: As obras de duplicação da ERS-118, em xx estão em ritmo acelerado, de acordo com o Daer. Até dezembro, a rodovia será entregue duplicada em toda sua extensão. Fotos: Itamar Aguiar/Palácio Piratininga

De acordo com a Secretaria de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul, obra deve ser conlcuída em dezembro deste ano

Importante e fundamental para a Região Metropolitana de Porto Alegre, a Rodovia ERS-118, no Rio Grande do Sul, está com 85% de sua duplicação concluída, de acordo com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

Ainda de acordo com o Órgão, a finalização das obras, que englobam 21,5 quilômetros da rodovia, é uma das prioridades do governo do Estado e está dividida em três lotes em constante avanço de execução.

Segundo o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, quem passa pela rodovia percebe nitidamente a velocidade dos serviços nesses últimos meses e a mudança no cenário. “É um conjunto de obras importantíssimo, que vai interligar a BR-116 e a freeway e, assim, impulsionar o desenvolvimento econômico de municípios da Grande Porto Alegre, como Sapucaia do Sul, Esteio, Cachoeirinha e Gravataí, esclareceu.”

Retomada

Retomada em junho do ano passado, esta última fase das obras conta com investimento de R$ 131 milhões oriundos de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

DEZEMBRO: Segundo o governo gaúcho, até dezembro deste ano, os 21,5 quilômetros de extensão estarão duplicados.

“Do quilômetro zero ao quilômetro cinco, temos execução de 75%; do cinco ao 11, temos um avanço de 92%; e do 11 ao 21, a obra está 86% concluída”, detalha o diretor-geral do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Luciano Faustino. “Pela configuração da rodovia, a duplicação vai promover maior fluidez no trânsito e diminuir o tempo de deslocamento de insumos, produtos e pessoas”, acrescenta.

Fluidez no tráfego

Com a duplicação, o trânsito local passa a se concentrar nas vias laterais dos dois lados da estrada, enquanto o fluxo mais rápido se concentra nas vias centrais. “Além disso, todas as intersecções são controladas. Os retornos estão posicionados para dar mais fluidez e segurança tanto para o trânsito de longo curso como para as vias de acesso às cidades”, aponta o diretor do Daer.

Entre as próximas etapas da duplicação a serem entregues, as mais avançadas estão em Sapucaia do Sul: são o viaduto sobre a avenida Theodomiro Porto da Fonseca, entre o km 3,2 e o km 3,4; e as pontes sobre o arroio Sapucaia.

A conclusão de todo o trecho duplicado da ERS-118 está prevista para dezembro deste ano. “Com a garantia do recurso financeiro e a priorização estabelecida pelo governador Eduardo Leite, podemos afirmar que falta pouco para que essa obra seja finalmente entregue à população”, disse o secretário Costella.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Daer

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui