PÁSCOA: Neste feriado de Páscoa, quem planeja trafegar ao longo dos 851 quilômetros do Sistema Rodoviário Anápolis-Aliança do Tocantins, composto pelas rodovias BR-153/GO/TO, BR-414/GO e BR-080/GO, poderá contar com o suporte da Ecovias do Araguaia em casos de urgências e emergências. O contato com as equipes da concessionária pode ser feito pelo telefone 0800 153 0 153. Foto: Divulgação/Alego

De acordo com a concessionária, usuários contam com socorro médico e mecânico nas BRs-153, 414 e 080, em Goiás e Tocantins

Neste feriado de Páscoa, quem planeja trafegar ao longo dos 851 quilômetros do Sistema Rodoviário Anápolis-Aliança do Tocantins, composto pelas rodovias BR-153/GO/TO, BR-414/GO e BR-080/GO, poderá contar com o suporte da Ecovias do Araguaia em casos de urgências e emergências. O contato com as equipes da concessionária pode ser feito pelo telefone 0800 153 0 153.

O atendimento é gratuito e funciona 24 horas. Pelo canal, além de solicitar atendimentos para situações que envolvam panes em veículos ou emergências, como acidentes, os viajantes podem ainda consultar informações automáticas sobre o tráfego e ter acesso à Ouvidoria. As atualizações sobre as condições das vias também estão disponíveis no site www.ecoviasdoaraguaia.com.br e no perfil do Twitter (@ecoviasaraguaia).

A Ecovias do Araguaia iniciou os atendimentos operacionais nas rodovias em 8 de abril. Ao todo, foram implantadas 19 Bases de Serviços Operacionais (BSOs) ao longo do trecho concedido das BRs-153, 414 e 080/GO/TO, localizadas a uma distância de 40 quilômetros uma da outra. Nas bases, ficam dispostos os veículos indispensáveis para a prestação de socorro médico e mecânico nas vias. 

Das 19 estruturas construídas, nove são destinadas ao atendimento a motoristas e funcionam 24 horas, com sanitários, fraldários, estacionamento e serviço de atendimento. As demais, sem atendimento exclusivo a viajantes, possuem locais para abrigar recursos operacionais, como veículos de inspeção, ambulâncias, guincho leve e pesado, e manter materiais de consumo, como ferramentas, entre outros. 

Na BR-153/GO, as bases foram implantadas nas cidades de Anápolis, São Francisco de Goiás, Jaraguá, Rialma, São Luiz do Norte, Uruaçu, Campinorte, Mara Rosa, Santa Tereza de Goiás e Porangatu. Já no trecho tocantinense rodovia, as bases contemplam as cidades de Alvorada, Figueirópolis, Gurupi e Aliança do Tocantins. Na BR-414/GO, as estruturas estão localizadas em Abadiânia, Cocalzinho de Goiás e Vila Propício. Já na BR-080/GO, no município de Barro Alto.  

A estrutura para atendimento é composta por ambulâncias, guinchos leves e pesados, caminhões de combate a incêndio, caminhões de resgate de animais e viaturas de inspeção de tráfego que, diariamente, realizam o monitoramento terrestre de todo o trecho concedido.

Segurança viária

Para quem for pegar a rodovia, a concessionária orienta que faça a correta revisão do veículo. É importante checar todos os itens e equipamentos obrigatórios, como faróis, lanternas, espelhos retrovisores, limpador de para-brisas, triângulo de sinalização, macaco e chave de roda, além de conferir o nível de água e do óleo, a calibragem dos pneus e do estepe e se a documentação está em dia.

O respeito aos limites de velocidade, o uso correto de setas, faróis e do cinto de segurança – item obrigatório e que reduz o risco de morte em caso de acidentes – são medidas simples e fundamentais para evitar ocorrências comuns nesse período, como choques, colisões traseiras e laterais. “São situações que podem ser evitadas se observados os limites de velocidade e a sinalização, definidos de acordo com a legislação vigente. Outras atitudes simples e que diminuem os riscos de colisões é a utilização correta de setas para indicar deslocamentos – como mudanças de faixa e paradas – e só ultrapassar quando tiver certeza de que é seguro. Na dúvida, o melhor é não ultrapassar”, orienta Marcelo Belão, Gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovias do Araguaia.

Fonte: Ascom da Ecovias do Araguaia

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui