EVASÃO: Operação na Via Dutra, em Pindamonhangaba (SP), flagra quatro motoristas evadindo do pedágio de Moreira César, nessa qwuinta (22). Entre eles, um táxi do RJ. Fotos: Divulgação/NovaDutra

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre os flagrantes, um taxista do Rio de Janeiro com 69 evasões

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), com apoio da concessionária NovaDutra, responsável pela Via Dutra (BR-116), flagrou nessa quinta-feira (22), no pedágio de Moreira César, no km 86, em Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba (SP), quatro veículos (uma carreta e três veículos de passeio) evadindo do pagamento da tarifa. A ação aconteceu das 20h às 2h.

De acordo com a PRF, entre os flagrantes, está uma carreta Scania, que possui histórico de oito evasões de pedágio e dívida de R$ 479,00 em multas. O motorista foi autuado por utilizar um dispositivo que dificultava a leitura da placa.

Ainda de acordo com a Corporação, uma utilitária Chevrolet Spin, modelo táxi, com placas do Rio de Janeiro, também foi flagrado por evadir 69 vezes. A dívida do veículo é R$ 754,00. Ao todo foram abordados 21 veículos durante a operação.

Auxílio da tecnologia

Atualmente, os avanços da tecnologia têm contribuído com a fiscalização da PRF. Com auxílio das câmeras instaladas nas praças de pedágio da rodovia, as placas e as características do veículo, como: cor e modelo, são facilmente detectadas e repassadas à PRF.

Multas

De acordo com o artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), “transpor, sem autorização, bloqueio viário com ou sem sinalização ou dispositivos auxiliares, deixar de adentrar as áreas destinadas à pesagem de veículos ou evadir-se para não efetuar o pagamento do pedágio” são consideradas infrações graves. A multa para esses casos é de R$ 195,23, além de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

PLACA ADULTERADA: Caminhoneiro obstrui a placa para dificultar a leitura pelas câmeras do pedágio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui