Um ônibus que pertence a Gontijo, mas ainda identificado como São Geraldo, despencou de uma ribanceira, de aproximadamente 10 metros de altura, na madrugada desta terça-feira (15), no km 221, na BR-101, em Ibiraçu. O acidente aconteceu por volta das 04h30.

O coletivo saiu do Rio de Janeiro por volta das 19 horas, seguia no sentido Valença, na Bahia. Na versão do motorista do ônibus, ele tentou ultrapassar um caminhão que seguia no mesmo sentido, foi fechado pelo veículo e acabou atingindo uma canaleta. Em seguida, subiu em um canteiro, no sentido contrário, perdeu o controle da direção, e caiu em uma ribanceira.  Já um passageiro contou a reportagem da TV Gazeta que o motorista fazia uma ultrapassagem quando perdeu o controle do veículo, invadiu a pista contrária e capotou ao lado da rodovia.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que 26 passageiros, além do motorista estavam no coletivo. A equipe do Corpo de Bombeiros atendeu 18 pessoas que foram encaminhadas ao Hospital São Camilo, em Aracruz. Três delas foram levadas para o Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. De acordo com a Eco101, concessionária que administra a via, uma mulher de 70 anos apresentava sangramento no ouvido, o que pode indicar uma provável lesão na cabeça. A Eco informou que houve registro de duas vítimas em estado médio e 24 com ferimentos leves.

A BR-101 foi liberada após quase cinco horas de interdição no sentido Rio de Janeiro, e os motoristas precisaram passar pelo acostamento. Para quem seguia para Vitória, a opção foi trafegar pela contramão.

Por meio de nota, a assessoria da empresa Gontijo informou que o tacógrafo do veículo foi aferido em outubro de 2014, sendo válido portanto até outubro de 2016, já que, por lei, tem de ser aferido por .

A nota diz ainda que todos os ônibus, ao saírem e ao chegarem de viagem, passam por completa checagem mecânica, de sistema elétrico, de pneus, além de higienização de todo o veículo e dos banheiros.

A empresa se responsabiliza por todos os gastos para atendimento hospitalar aos passageiros, que são também acompanhados por dois representantes da mesma, já presentes nos hospitais para onde os clientes foram encaminhados. Um gerente da empresa também foi para o local do acidente, na manhã de hoje, para prestar todo o atendimento necessário.

A empresa informou que não divulga nomes de passageiros – a não ser que estes autorizem – por respeito à privacidade deles.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui