OPERAÇÃO ROCHA: Força conjunta no Espirito Santo fiscalizou, nessa terça (10) e quinta (11), o transporte de rochas nas principais rodovias do estado Foto: Divulgação

Ação desenvolvida nessa terça (10) e quarta (11) aplicou 268 multas e flagrou dez caminhões com excesso de peso

O transporte de blocos e chapas de rochas ornamentais foi o foco da operação integrada “Força pela Vida” realizada na noite dessa terça-feira (10) e madrugada de quarta-feira (11) em rodovias de todo o Estado.

De acordo com do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), as abordagens foram feitas em oito pontos nos municípios de Vila Velha, Serra, Viana, Rio Novo do Sul, Linhares, Baixo Guandu e João Neiva.

Ainda de acordo com o DER, a ação contou com a participação de servidores do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES) e agentes da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e da Guarda Municipal de Vila Velha.

Segundo o DER, todos os pontos de abordagem contaram com balança de pesagem para conferência do limite de peso da carga. Os agentes verificaram itens como amarração e acondicionamento dos blocos e das placas nas carretas; tacógrafo; condições do veículo; itens de segurança como pneus, faixas refletivas; capacitação dos motoristas, entre outros pontos. A equipe do Detran|ES também realizou abordagens educativas com os motoristas.

Ainda de acordo com o órgão, na operação, que teve início às 22 horas de terça-feira e terminou às 4 horas de quarta-feira, foram abordados 256 veículos e aplicadas 268 multas. Dez veículos foram flagrados com excesso de peso, totalizando 73 toneladas acima do permitido. Uma das carretas retidas transitava com 88 toneladas de peso total, sendo 28 toneladas de excesso de peso, e outras duas estavam com 12 e 11 toneladas de excesso.

Os condutores flagrados transportando carga com peso acima do limite estabelecido respondem a processo criminal, assim como o proprietário da carreta e o transportador.

Segurança

O gerente de Fiscalização, Infrações e Penalidades do Detran, Wylis Lyra, destacou que o transporte de rochas é um foco importante do Força pela Vida pela gravidade dos acidentes que já aconteceram e que podem ocorrer com esse tipo de veículo.

“A ação atingiu o objetivo de integrar órgãos de fiscalização com atividades voltadas à segurança, em especial no transporte de rochas. Nós conseguimos nessa operação identificar veículos em condições seguras e outros sem condições. Com isso, tiramos de circulação aqueles veículos que causam risco para toda a sociedade e que têm se envolvido em acidentes, infelizmente. Dessa forma, contribuímos para a segurança pública no Espírito Santo”, afirmou Lyra.

“Essa é nossa primeira operação integrada de fiscalização do transporte de rochas ornamentais e envolve vários órgãos com o objetivo de salvar vidas e também orientar os motoristas a respeito dos riscos para eles e para todos que andam nas rodovias”, explicou o comandante do Policiamento Ostensivo Especializado (CPOE), Coronel Ferrari.

O superintendente do DNIT no Estado, Romeu Scheibe Neto, considera que a integração dos órgãos é importante para garantir a segurança nas estradas capixabas. “A união das forças de segurança do Estado do Espírito Santo nessa operação importante de integração do ‘Força pela Vida’ tem o intuito de buscar um objetivo em comum, que é a redução da acidentalidade e da quantidade de mortes no trânsito. O excesso de peso desses veículos que transportam rochas ornamentais no Estado é um problema e um desafio grande para todos os atores que buscam a segurança no trânsito. Eu tenho a convicção de que, com essa integração, nós vamos vencer essa batalha”, disse.

Força pela Vida

Esta foi a sexta operação integrada desde o último dia 05 de julho. Os focos trabalhados foram: a Lei Seca, por duas vezes, motociclistas e transporte clandestino, irregularidades no transporte escolar e furto e roubo de veículos. O objetivo principal da iniciativa é prevenir acidentes com vistas à proteção da vida no trânsito.

Compõem também o Comitê Integrado que planeja e executa as operações: Detran|ES, PRF; Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp); Corpo de Bombeiros; Polícia Militar; Polícia Civil; Secretaria de Estado da Saúde (Sesa); Guardas Municipais; Departamento de Estadas de Rodagem (DER-ES); Conselho Estadual de Trânsito (Cetran); Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-ES) e Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros (Ceturb-ES).

Dados da Operação “Força pela Vida” desta terça-feira (10):

– Veículos fiscalizados: 256

– Infrações registradas: 268

– Testes de alcoolemia: 50

– CNHs recolhidas: 2 (1 por alcoolemia e 1 por suspensão do direito de dirigir)

– Veículos retidos: 16

– Veículos com excesso de peso: 10 veículos, totalizando 73 toneladas de excesso de peso

– Pessoas detidas: 14 (veículos com excesso de peso e outros crimes de trânsito)

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui