MAIS CARO: Pedágio da Ponte sobre o Rio Paraguai (BR-262) está mais caro desde à zero hora desta quarta-feira (1º/1/20). Foto: Divulgação

Autorização foi publicada no Diário Oficial, em 6 de dezembro; novos valores entraram em vigor à zero hora desta quarta-feira (1º/1/20)

As tarifas de pedágio da ponte sobre o rio Paraguai, na BR-262, entre os municípios de Miranda e Corumbá, estão 2,83% mais caras desde à zero hora desta quarta-feira (1º/1/20), conforme Portaria nº 174/2019 publicada no Diário Oficial do Estado do Mato Grosso do Sul do dia 6 de dezembro de 2019 pela Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan).

Conforme publicação consta na portaria, ficam isentos da cobrança de pedágio os veículos de propriedade da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, e os veículos pertencentes aos estados estrangeiros e destinados às suas representações diplomáticas.

De acordo com o Governo do Estado, o reajuste da tarifa básica do Contrato,  faz parte dos parâmetros e os índices são  calculados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O cálculo pega a data base do reajuste do mês de agosto de 2008, e como base de cálculo os valores dos índices de junho de 2008 a outubro de 2019.

Veja os novos valores:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui