MELHORIAS: O DEr do Paraná realiza serviços de melhorias no pavimento da PRC-158, que incluem sinalização horizontal e vertical. Foto: Divulgaçao

De acordo com o DER, serviços de conservação da PCR-158 beneficiam moradores de Saudade do Iguaçu e Sulina; investimento é de R$ 4 milhões

Um trecho de 25,8 quilômetros da PRC-158, na região Sudoeste do Paraná, está sendo recuperado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER) do Paraná, e vai beneficiar diretamente moradores de Saudade do Iguaçu e Sulina.

De acordo com o DER, serão investidos cerca de R$ 4 milhões na rodovia, que integra o lote 18 do programa Conservação de Pavimentos (COP) do DER, com previsão de término prfevisto para janeiro de 2021.

Segundo o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, a PRC-158 faz a conexão direta com rodovias importantes, como a BR-277, a BR-373 e a PRC-280, vias que servem para escoar a produção agropecuária e industrial dos municípios. “Os principais serviços são remendos superficiais, execução de drenos transversais, reperfilagens descontínuas, microrrevestimento asfáltico a frio e sinalização horizontal”, esclareceu.

Ainda de acordo com Alex, as obras de conservação do pavimento e sinalização horizontal vão do trevo de acesso ao vertedouro da Usina Hidrelétrica Salto Santiago, no Rio Iguaçu, até o município de Saudade do Iguaçu, numa extensão de 9,87 quilômetros.

Além disso, Alex informou que o DER está realizando também serviços entre Saudade do Iguaçu até o entroncamento com a PR-570 (acesso para Sulina), onde estão sendo feitos remendos superficiais onde a base do pavimento não foi danificada, sendo suficiente retirar apenas a camada de revestimento asfáltico, e a reperfilagem descontínua, em que uma nova camada de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) é aplicada e compactada, sem a necessidade de remoção do revestimento existente.

De acordo com o secretário, são implantados, ainda, drenos transversais nos locais onde há necessidade, para lidar com águas subterrâneas que poderiam danificar a rodovia. “O trecho tem 6,11 quilômetros de extensão e começou a receber as melhorias no último dia 19”, explicou.

COP: O programa Conservação de Pavimentos (COP) contempla cerca de 8 mil quilômetros de rodovias estaduais com serviços de conservação, com investmentos de R$ 46,4 milhões.

Na etapa final ocorrerão os serviços no trecho de 7,69 quilômetros do entroncamento com a PR-570 até o entroncamento com a PR-281 (acesso para São João), assim que a frente de trabalho concluir os trabalhos em andamento.

“Estes serviços do programa COP na rodovia PRC-158 vão garantir melhores condições de segurança e conforto para moradores e viajantes, corrigindo todos os pontos críticos verificados por nossas equipes”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

Programa

O programa Conservação de Pavimentos (COP) contempla cerca de 8 mil quilômetros de rodovias estaduais com serviços de conservação. Somente no lote 18 serão atendidos 385,16 quilômetros de rodovias, um investimento de R$ 46,4 milhões.

Fonte: Assessoria de imprensa do DER-PR

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui