A PRF de São Paulo fazia uma fiscalização de rotina na BR-153 em Guaiçara, interior de São Paulo, quando decidiram abordar um caminhão que trafegava a  115 km/h num trecho com limite de 80 km/h. Descobriram dentro do caminhão baú, 18 homens, deitados em redes, sem a menor condição de segurança, sem iluminação ou ventilação. Passageiros do baú

O grupo havia saído de Camaquã (RS) e já havia percorrido cerca de 1.400 km. Eles ainda viajariam por mais 2.600 km até a cidade paraibana de São Bento.

O motorista foi multado e eles seguiram viagem de ônibus. O Ministério Público do Trabalho foi avisado das condições em que eram transportados esses trabalhadores que vendem redes.

Veja o vídeo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui