Concessionárias estão prontas para receber tráfego de 2,5 milhões de veículos no carnaval 2019. Foto: Divulgação

Saída para o feriado prolongado deve ser intensa, a partir de 11h de sexta-feira (1º/3) até madrugada de sábado (2)

As rodovias paulistas sob concessão devem ter tráfego mais intenso a partir das 11 horas de sexta-feira, dia 1º de março, devido ao feriado de carnaval. A estimativa é de 2,5 milhões de veículos saindo da Grande São Paulo com destino ao Interior e Litoral Paulista.

O horário de pico deve se concentrar nesta sexta-feira, a partir das 11 horas até a madrugada de sábado. Na manhã de sábado, o movimento deve começar a se intensificar a partir das 6 horas e permanece até as 20 horas.

As concessionárias irão reforçar as equipes de atendimento aos usuários devido a maior demanda prevista para o feriadão. Para viajar com conforto e segurança, alguns cuidados são importantes e começam antes mesmo de sair de casa.

Checagem

Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada. Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa também devem ser checados.

É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia. Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe.

É essencial que o motorista descanse no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência. Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico.

É importante, também, ter anotado num papel ou gravado no celular o telefone 0800 de atendimento das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar.

Infraestrutura reforçada

Em todas as rodovias concedidas haverá reforço no monitoramento, operação e manutenção dos equipamentos, como call box, câmeras de TV, painéis de mensagem, veículos de apoio e equipes técnicas.

Também está previsto aumento no número de guinchos, ambulâncias e veículos operacionais em geral, além da implantação da operação “papa-fila” nos pedágios para agilizar a passagem nas cabines de cobrança manual, quando necessário.

Os sites das concessionárias terão disponíveis, em tempo real, as condições de tráfego do trecho administrado da rodovia. O trabalho é desenvolvido também em parceria com a Polícia Militar Rodoviária.

Anchieta-Imigrantes

A concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) prevê que de 300 mil a 500 mil veículos sigam para a o Litoral, entre quinta-feira (28) e quarta-feira (6/3). A concessionária espera aumento de fluxo no sentido Litoral na sexta-feira (1º/3), quando será implantada a Operação Descida (7×3) a partir das 11 horas, com previsão de permanência até as 20 horas de sábado (2).

A operação deve ser retomada no domingo (3), das 8h às 14h. Durante a operação, os veículos que seguem sentido Litoral podem usar as pistas sul e norte da Via Anchieta (SP-150) e a pista sul da Rodovia dos Imigrantes (SP-160). A subida da serra será feita pela pista norte da Imigrantes.

PAPA-FILAS: Sistema Anchieta-Imigrantes é o destino mais procurado no carnaval. Usuários terão à disposição a operação “Papa-Filas”, parta agilizar a passagem na praça de pedágio. Foto: Divulgação

Retorno previsível

A exemplo do que acontece no período de carnaval, o retorno do feriadão deve se intensificar no início da noite de domingo (3), quando está prevista a implantação da Operação Subida (2×8) a partir das 19 horas.

Nessa operação, a subida será feita pelas duas pistas da Imigrantes e pela pista norte da Anchieta. A descida da serra será somente pela pista sul da Anchieta.

A previsão é de que a operação permaneça até as 22h, sendo reimplantada na segunda-feira (4), das 18h à meia-noite e na terça-feira entre 9h e meia-noite.

Na quarta-feira de Cinzas (6), está prevista a implantação da Operação 4×6 (descida pelas duas pistas da Anchieta e subida pelas duas pistas da Imigrantes). Cabe destacar que a inversão de sentido das rodovias do SAI ocorre apenas no trecho de Serra, entre os kms 40 e 55, da Anchieta; e entre os kms 40 e 57 da Imigrantes.

Vale do Paraíba

Para quem pretende viajar para o Vale do Paraíba, Litoral Norte e Rio de Janeiro, a Rodovia Ayrton Senna da Silva (SP-070) é melhor opção e deve ter movimento intenso entre 12h e 18h, de sexta-feira (1º/3); e entre 6h e 13h, de sábado (2).

Aproximadamente 314 mil veículos devem deixar a Região Metropolitana de São Paulo pela Ayrton Senna da Silva/Carvalho Pinto.

Para o retorno, a previsão é de tráfego intenso entre 11h e 18h, de terça-feira (5); e entre 10h e 17h, da quarta-feira de Cinzas (6).

Tamoios

A previsão é de que o pico de tráfego se concentre entre 14h e 22h de sexta-feira, e entre 6h e 14h, de sábado, na Rodovia dos Tamoios (SP-099). A concessionária responsável prevê tráfego de 215 mil veículos no período.

Na sexta-feira (1º/3), será iniciada a operação especial do feriado, com previsão de implantação de faixa adicional no Trecho de Serra (do km 68 ao km 81), dependendo do fluxo de veículos.

Obras interrompidas

As obras de duplicação da rodovia serão interrompidas na sexta-feira (1º) a partir das 13h, sábado (2), terça-feira (5) e quarta-feira (6). No domingo (3) e segunda-feira (4), as obras com interferências no tráfego poderão ocorrer condicionadas ao fluxo de veículos. Para o retorno do feriado, a pista de subida volta a sua configuração normal, com duas faixas, e a de descida fica com uma faixa.

Anhanguera-Bandeirantes

Os motoristas que forem viajar para o Interior pelas rodovias Anhanguera (SP-330) e Bandeirantes (SP-348) devem evitar o período entre 15h e 18h de sexta-feira (1º) e 8h e 14h de sábado (2), horários em que a concessionária AutoBAn estima que haverá tráfego mais intenso. No fim de semana prolongado, devem passar pelas rodovias 960 mil veículos. No retorno do feriado o pico de tráfego é previsto para o período entre as 14h e 19h de terça-feira (5) e entre 10h e 18h de quarta-feira (6).

SAU: Usuários do sistema Anhanguera-Bandeirantes, assim como os de outras rodovias concedidas têm serviços gratuitos. Foto: Divulgação/Clóvis Ferreira

No domingo (3) e terça-feira (5) das 14h às 22h, os caminhões com destino à cidade de São Paulo pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Anhanguera (SP-330) no trecho entre o km 48 e o km 23, entre Jundiaí e São Paulo. O acesso a SP-330 deve ser feito pela saída 48 da Bandeirantes. O desvio será implantado para melhorar a distribuição do tráfego e, assim, otimizar a fluidez em ambas as rodovias.

Castello-Raposo

Segundo estimativa da concessionária ViaOeste, que administra o Sistema Castello-Raposo, na saída de São Paulo, o motorista deverá enfrentar tráfego intenso na sexta-feira (1º) entre 13h e 22h e no sábado (2), das 8h às 16h. A estimativa da concessionária é de que 780 mil veículostrafeguem nas rodovias Castello Branco (SP-280) e Raposo Tavares (SP-270) no fim de semana prolongado. Para o retorno do feriado, a previsão é de tráfego intenso na terça-feira (5), das 13h às 19h, e na quarta-feira (6), das 12h às 19h.

Boletins de áudio

No Twitter da Artesp (@artespsp) os motoristas encontrarão o serviço da Agência com boletins sobre as condições de trânsito nas rodovias.

Eventuais desvios, acidentes, interdições e situações que demandem atenção especial serão noticiadas pelo Twitter da agência.

Além disso, o conteúdo dos boletins também é livre para download e veiculação em rádios ou outros veículos de imprensa.

Os dados são fornecidos pelo Centro de Controle de Informações (CCI) da Artesp, que controla e fiscaliza as concessionárias de rodovias do Estado a partir das imagens das câmeras de monitoramento e de diversos sensores instalados na malha viária.

Em feriados e em situações de emergência, a Agência intensifica o monitoramento das operações e da prestação de serviços das concessionárias.

DE OLHO NO TRÁFEGO: Policiamento Militar Rodoviário estará AINDA MAIS presente na fiscalização das estradas paulistas. Foto: Gilberto Marques/A2img

Emergências

É importante ter em mãos os telefones de atendimento das operadoras das rodovias e da Polícia Militar Rodoviária para eventuais emergências.

O serviço de ajuda ao usuário, prestado pelas concessionárias de rodovias, é gratuito e está disponível 24 horas todos os dias nos 8,4 mil quilômetros de rodovias concedidas paulistas.

O atendimento auxilia desde uma simples troca de pneu até a remoção de vítimas de acidentes e prestação de primeiros socorros.

Abaixo, os contatos de emergência da Artesp, DER, Dersa, Polícia Rodoviária e das concessionárias que administram a malha rodoviária paulista:

AUTOBAN                            0800 055 55 50

AUTOVIAS                            0800 707 9000

CART                                     0800 773 0090

CENTROVIAS                      0800 17 89 98

COLINAS                              0800 703 5080

ECOPISTAS                          0800 777 0070

ECOVIAS                              0800 19 78 78

ENTREVIAS                          0800 3000 333

INTERVIAS                           0800 707 1414

RENOVIAS                           0800 055 96 96

RODOANEL OESTE            0800 773 6699

RODOVIAS DO TIETÊ          0800 770 3322

ROTA DAS BANDEIRAS      0800 770 8070

SPMAR                                  0800 774 8877

SPVIAS                                  0800 703 5030

TEBE                                      0800 55 11 67

TRIÂNGULO DO SOL           0800 701 1609

TAMOIOS                              0800 545 0000

VIAOESTE                             0800 701 5555

VIARONDON                        0800 729 9300

VIAPAULISTA                  0800 001 1255

ARTESP         0800 727 83.77

DER               0800 055 55 10

DERSA           0800 7266 300

POLÍCIA MILITAR RODOVIÁRIA SP (11) 3327-2727

Viagens de ônibus. Quem for viajar com os ônibus do transporte intermunicipal deve ficar atento à segurança e nunca contratar empresas clandestinas. A fiscalização nas rodovias será intensificada para coibir os irregulares.

O serviço clandestino expõe os passageiros a vários riscos, uma vez que o veículo não é vistoriado para esse fim e não há garantia de que o motorista seja devidamente habilitado.

A Artesp fiscaliza as questões mecânicas e de conforto da frota cadastrada. Os passageiros que encontrarem irregularidades podem entrar em contato com a Ouvidoria da agência (fone 0800.727.83.77 ou email ouvidoria@artesp.sp.gov.br).

Nas viagens rodoviárias, o passageiro deve manter-se sentado e com cinto de segurança. Também é importante não carregar objetos pontiagudos ou cortantes. As bagagens de mão devem ser acomodadas no porta-embrulhos e as maiores, no bagageiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui