NOVA TRAVESSIA: CART entrega nova passarela localizada no Km 558 da SP-270, entre as ruas França e Suíça, no Distrito Espigão, em Regente Feijó (SP). Fotos: Divulgação

De acordo com a concessionária, nova passarela já está disponível para moradores na região do Espigão

Moradores do distrito do Espigão, em Regente Feijó, contam agora com uma passarela acessível de pedestres para a travessia sobre a Rodovia Raposo Tavares (SP-270). A estrutura está oficialmente entregue pela concessionária CART, conforme cronograma definido pela empresa e acompanhado pela Agência Reguladora de Serviços Públicos de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp).

De acordo com a empresa, a nova passarela está localizada no Km 558, entre as ruas França e Suíça, onde está a passarela, é intensa a movimentação de pessoas que vivem no distrito ou se deslocam por transporte urbano para o trabalho.

Para entregar um novo dispositivo seguro e adequado aos moradores, sem comprometer o fluxo de passantes de uma extremidade à outra da rodovia em nível superior, a Concessionária desenvolveu uma complexa manobra de engenharia, que consistiu na instalação de uma estrutura provisória paralela à definitiva enquanto as obras eram executadas. Destacando que a obra foi executada dentro do total padrão de segurança, onde não foi registrado acidente algum com usuários da rodovia, moradores e funcionários.

ILUMINAÇÃO: Nova passarela atende aos  rigorosos padrões de privacidade, segurança (com rampa de acessibilidade e iluminação noturna), além de telamento para impedir travessias  irregular de pedestres e usuários de um lado par ao outro rodovia.

“Entregamos a passarela que atende aos  rigorosos padrões de, privacidade, segurança, com rampa de acessibilidade e iluminação noturna. Outro detalhe importante é a instalação de telamento para impedir travessias  irregular de pedestres e usuários de um lado par ao outro rodovia, diminuindo risco de atropelamentos. Foram quatro etapas até a conclusão dos trabalhos, que a concessionária sempre desenvolve com o apoio da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), que contribuiu excepcionalmente nas operações que interferiram na dinâmica do fluxo rodoviário para os içamentos de estruturas por guindastes”, ressalta Marcos Lanuti, coordenador de Operações da CART.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui