CORTA FOGO: Operação orienta motorista sobre o perigo das queimadas às margens das rodovias, nessa época do ano. Reprodução/Divulgação

Época mais seca do ano propicia queimadas por conta da falta de chuvas

A concessionária que administra as rodovias SPs 075, 127, 280 e 300 iniciou, nesta semana, sua participação na campanha Operação Corta Fogo, no sentido de alertar os usuários sobre as queimadas às margens da rodovia, por conta do período mais seco do ano.

Segundo a empresa, mesmo em menor escala, as queimadas acontecem e se estendem até outubro, devido à falta de chuvas e à baixa umidade relativa do ar, que contribuem para o surgimento dos focos de incêndio.

Sendo assim, por mais um ano, a concessionária apoia a Operação Corta Fogo, realizada pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente, e com a participação da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual.

Como parceira da iniciativa, a empresa irá veicular mensagens sobre o tema nos painéis eletrônicos de mensagens (PMVs), em todo o trecho de sua concessão, além de incentivar a prevenção às queimadas junto à comunidade, por meio da imprensa local e com peças da campanha em seu site.

Motivos

São numerosas as causas que podem desencadear um incêndio na vegetação às margens das rodovias. Porém, a principal delas, a bituca de cigarro, é causada por aqueles que mais utilizam as vias: os usuários.

Outros fatores geradores são a utilização de fogo para limpeza de terrenos, queima de lixo, fogueiras, queimadas não autorizadas para fins agrícolas e também os balões.

Nas faixas de domínio das rodovias, além das bitucas, grande número de focos é provocado pela população vizinha à estrada ou transeuntes, principalmente nas áreas mais próximas aos aglomerados urbanos.

Além do prejuízo ao meio ambiente, nas rodovias as queimadas também podem comprometer a segurança do motorista, já que a fumaça reduz a visibilidade, o que pode levar a acidentes, principalmente colisões traseiras.

Como proceder

No caso do motorista se deparar com alguma queimada na rodovia, além de avisar os órgãos competentes, ele pode tomar algumas precauções para prevenir acidentes: fechar o vidro do veículo; manter distância segura do veículo da frente; não ligar o pisca alerta com o veículo em movimento e não parar na faixa de rolamento.

Quando a concessionária registra alguma queimada às margens das rodovias que administra, ela aciona o Corpo de Bombeiros do município em questão e a Polícia Militar Rodoviária, além de deslocar seus próprios recursos para combater o fogo e realizar a sinalização adequada da rodovia.

Os usuários também são informados por meio dos painéis eletrônicos de mensagem distribuídos pelos trechos de concessão. Nas rodovias administradas pela concessionária, os usuários que avistarem focos de incêndio devem ligar para 193 ou 0800 703 5080.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui