FERIADO: Cerca de 4 milhões de veículos devem circular nas estradas paulistas neste feriado prolongado de 9 de julho. Foto: Aderlei de Souza

De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e concessionárias paulistas, estimativa é de, cerca de, quatro milhões de veículos saindo da capital

Cerca de 4 milhões de veículos devem circular no feriado de 9 de Julho nas estradas paulistas, de acordo com a previsão do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e das concessionárias paulistas.

Segundo o Departamento, as ações especiais são para garantir maior conforto, segurança e agilidade aos usuários que vão viajar no fim de semana prolongado, que deve ter 3,7 milhões de veículos saindo da capital, a partior desta quinta-feira (8). A partir das 15h, há previsão de horários de pico todos os dias nas rodovias que têm acesso à Região Metropolitana de São Paulo.

Segundo o Departamento, principalmente no dia 9 de julho, quando o fluxo deve ser acima da média, a partir das 6 horas da manhã.

Os motoristas poderão planejar melhor a viagem com as informações sobre os horários mais adequados para pegar a estrada e sobre as condições de tráfego nas rodovias nos sites das concessionárias, em tempo real, além de checarem as condições de tráfego do trecho administrado da rodovia. O movimento deve ser intenso também no domingo (11), no sentido capital, a partir das 12h e também no período noturno.

Em todo o sistema rodoviário haverá reforço nos recursos materiais e humanos, no monitoramento, na operação dos equipamentos como call box, aplicativos de mensagens, câmeras de CFTV, painéis de mensagem, veículos de apoio posicionados em locais estratégicos. Assim, as equipes terão maior agilidade no atendimento ao usuário. Também está previsto aumento no número de guinchos, ambulâncias, caminhões-pipa, motocicletas para apoio mecânico e veículos operacionais em geral, além da implantação da operação “papa-fila” nos pedágios, para agilizar a passagem nas cabines de cobrança manual, quando necessário. As ações ocorrerão com o apoio da Polícia Militar Rodoviária e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

Os 392 painéis eletrônicos (PMVs) espalhados nas rodovias concedidas do Estado vão veicular mensagens com recomendações para evitar  a transmissão do novo coronavírus.

“Previna-se contra o coronavírus”

“Evite aglomerações”

“Use máscara”

“Proteja sua vida e a dos outros”

Ao longo do feriado, os Postos de Atendimento aos Usuários estarão abertos, com banheiros, álcool gel, bebedouro e local de descanso, aptos a receberem os viajantes com todas as medidas de controle sanitário.

MOVIMENTO INTENSO: As rodovias sob administração da Renovias devem ter movimento intenso, a partir desta quinta-feira (8), à noite. Foto: Aderlei de Souza

Previsão de movimento intenso

Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI)

A Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), prevê que mais de 265,1 mil veículos sigam para o Litoral. A concessionária espera maior fluxo no SAI – sentido Litoral na parte da tarde de quinta e ao longo de todo o dia de sexta-feira, quando será implantada a Operação Descida (7×3) a partir das 15h, com previsão de duração até as 23h. Durante a operação, os veículos que seguem sentido Litoral podem usar as pistas sul e norte da Rodovia Anchieta (SP-150) e a pista sul da Rodovia dos Imigrantes (SP-160). A subida da serra será feita pela pista norte da Imigrantes.

Vale do Paraíba/Litoral Norte

Os viajantes que seguem para a região do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Rio de Janeiro, a Rodovia Ayrton Senna (SP-070) deve ter movimento intenso a partir das 15h de quinta-feira (8). São esperados mais de 797,4 mil veículos entre à 0h de quinta-feira (8) até às 23h59min de domingo (11), no corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto. Já para o retorno do fim de semana prolongado, a previsão é de tráfego intenso entre as 15h e 17h de domingo.

Tamoios

A previsão é de que o tráfego fique mais intenso a partir das 14h até as 22h de quinta-feira (8) e das 06h às 14h de sexta-feira (9) na Rodovia dos Tamoios (SP-099). A Concessionária Tamoios estima que 50,7 mil veículos passem pela rodovia neste feriado. Uma operação especial será ativada com duas faixas no sentido litoral e uma no sentido São José dos Campos.

Para o retorno do feriado, a pista de subida volta à sua configuração normal, com duas faixas, e a de descida fica com uma faixa. A previsão, para a volta, é de intensificação do tráfego entre 12h e 22h de domingo (11) e na segunda-feira (12), das 6h às 14h.

Castello-Raposo

De acordo com a estimativa da concessionária ViaOeste, que administra o Sistema Castello-Raposo, na saída de São Paulo, o motorista deverá enfrentar tráfego intenso na quinta-feira (8) entre 16h e 21h no sentido interior. Na sexta-feira (9), o congestionamento deve se repetir das 8h às 13h. A estimativa da concessionária é de que 529 mil veículos trafeguem nas rodovias Castello Branco (SP-280) e Raposo Tavares (SP-270) no fim de semana prolongado. Para o retorno à capital, a previsão é de tráfego intenso no domingo (11), das 15h às 21h.

Sistema Anhanguera-Bandeirantes (SAB)

Os usuários que forem viajar para o interior pelas rodovias Anhanguera (SP-330) e Bandeirantes (SP-348) devem evitar o período entre 15h e 20h de quinta-feira (08) e 8h e 13h de sexta-feira (9), horários em que a concessionária AutoBAn estima que haverá tráfego mais intenso. No fim de semana prolongado, devem passar pelas rodovias 640 mil veículos. Na volta do feriado prolongado, o tráfego deve se intensificar já a partir das 15h.

Entre as 14h e 22h de sexta-feira (9) e no domingo (11), os caminhões que se destinam à capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Via Anhanguera (SP-330), na altura do km 48 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo, acessando pela “Saída 48” da SP-348. O objetivo é melhorar a distribuição do tráfego nas estradas.

Rodoanel Oeste

A concessionária RodoAnel prevê fluxo de 815 mil veículos  no  trecho Oeste do Rodoanel, entre a 0h de quinta (8) e 24h de domingo.

O anel viário é uma alternativa para aqueles que chegam ou saem da capital paulista, pois faz interligações com as principais rodovias, como Anhanguera, Bandeirantes, Raposo Tavares e Castello Branco, além de bairros da capital, como Butantã, Lapa, Morumbi, Perus e Cotia/Granja Vianna.

MAIS CAROS: Desde o dia 1º de julho, as tarifas de pedágio estão mais caras nas estradas de SP. Foto: Aderlei de Souza

Fiscalização

Com o feriado prolongado, aumenta também a quantidade de passageiros que utilizam o transporte intermunicipal. Deste modo, a fiscalização nas rodovias será intensificada para coibir os irregulares.

Os fiscais da ArtespP verificarão a documentação das empresas autorizadas, dos motoristas, dos veículos e o uso de equipamentos obrigatórios, como cintos de segurança. Também vão conferir a higienização dos veículos, a obrigatoriedade do uso das máscaras por parte dos funcionários e dos passageiros, a recomendação do uso do álcool em gel e a lotação máxima dos veículos permitida na fase da pandemia.

Além desses cuidados, é recomendado aos usuários manter a comunicação estritamente necessária durante a viagem, como forma de minimização da exposição e transmissão por meio de aerossóis e gotículas expelidas ao falar.

Emergências

Em situação de emergência, o usuário pode entrar em contato para pedir ajuda, seja nas rodovias do DER seja nas estradas concedidas:

DER – 0800 055 55 10

AutoBAn – 0800 055 55 50

Autovias – 0800 707 9000

Cart – 0800 773 0090

Centrovias – 0800 17 8998

Colinas – 0800 703 5080

Ecopistas – 0800 777 0070

Ecovias – 0800 019 78 78

Entrevias – 0800 3000 333

Intervias – 0800 707 1414

Renovias – 0800 055 96 96

Rodoanel Oeste – 0800 773 6699

Rodovias do Tietê – 0800 770 3322

Rota das Bandeiras – 0800 770 8070

SP Mar – 0800 774 8877

SP Vias – 0800 703 5030

Tebe – 0800 55 11 67

Triângulo do Sol – 0800 701 1609

Tamoios – 0800 545 0000

Via Oeste – 0800 701 5555

Via Rondon – 0800 729 9300

Via Paulista –  0800 001 1255

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui