Luz Maria de Bertolaza, de 41 anos, deu entrada no Hospital da Restauração com traumatismos na cabeça e tórax, além de fraturas nas pernas. Homem e filhos estão internados

Morreu no fim da manhã desta segunda-feira (17) a uruguaia Luz Maria Duran de Bertolaza, de 41 anos. A turista estava internada no Hospital da Restauração (HR), na área central do Recife, após sofrer um acidente de trânsito no  táxi em que viajava com o marido e os dois filhos, na BR-101 Sul, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife.

De acordo com o HR, a turista deu entrada por volta das 4h30. Ela tinha sido transferida do Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo, onde recebeu os primeiros socorros. A paciente apresentava traumatismos na cabeça e tórax e fraturas nas pernas.

O óbito de Luz Maria foi confirmado pela assessoria de comunicação da unidade. O marido de Luz Maria, Maximiniano Gimeno Cabeda, de 41 anos, e os filhos do casal, Gimeno Duran, de 14 anos, e Mateo Duran, de 9 anos, estão internados na mesma unidade.

Segundo a assessoria de comunicação do HR, Maximiliano e Gimeno estão internados na unidade de traumatologia. Mateo encontra-se na emergência pediátrica. Todos tiveram ferimentos leves e passam bem.

Acidente

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no quilômetro 86 da rodovia, no distrito de Ponte dos Carvalhos, por volta da 0h30. Além dos quatro integrantes da família, sofreu ferimentos o taxista que conduzia os turistas. Depois de capotar, o carro caiu em uma ribanceira.

Quatro vítimas foram socorridas pelos bombeiros e uma pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Eles seguiram para duas unidades de saúde no Grande Recife.

O taxista Rooney Roberts de Oliveira, de 51 anos, foi levado para o Hospital Dom Helder Câmara. Segundo a assessoria de comunicação da unidade, ele está em observação e em situação estável.

Fonte: www.g1.com.br/pe/pernambuco

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui