BLITZE: Usuários do sistema BR-364/365 em Goiás e Minas Gerais receberam orientações sobre direção segura. Foto: Divulgação

De acordo com a Ecovias do Cerrado, alto número de acidentes no trecho, desde o início da concessão, motivou as ações

Desde 1º setembro, início do Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) na BR-364/365, a concessionária Ecovias do Cerrado registrou mais de 400 acidentes (sinistros) com 295 feridos no trecho, que compreende 437 quilômetros entre Jataí (GO) e Uberlândia (MG).

De acordo com a empresa, os sinistros mais comuns foram colisões traseiras (81) e capotamentos (64), a maioria relacionada a erros humanos, como desrespeito às leis de trânsito e aos limites de velocidade da via.

Ainda de acordo com a Ecovias do Cerrado, para alertar sobre essa realidade, foram realizadas, na última semana, duas blitze educativas, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no km 631 da BR-365, em Uberlândia, e no km 191 da BR-364, em Jataí.

Segundo a empresa, mais de 200 motoristas foram abordados e receberam orientações e materiais informativos. As campanhas seguiram o lema do Movimento Maio Amarelo deste ano: “Respeito e Responsabilidade. Pratique no Trânsito”.

O Gerente de Atendimento ao Usuário da Ecovias do Cerrado, Anderson Finco, afirma que objetivo foi o de promover reflexão sobre a necessidade dos motoristas adotarem uma postura ao volante mais empática e, sobretudo, responsável, o que pode ajudar a reduzir os números de sinistros.

Responsabilidade

A necessidade de atenção e responsabilidade por parte do motorista também fica evidente quando analisados os períodos das ocorrências. Os meses de dezembro de 2020 e fevereiro de 2021, que coincidem com datas festivas e feriados, foram os que registraram maior quantidade de sinistros em cada ano, com 69 e 52 casos, respectivamente.

Além do Maio Amarelo, a concessionária realiza, periodicamente, campanhas educativas e de conscientização do usuário, com foco em segurança viária, direção defensiva, direitos humanos e proteção de crianças e adolescentes.

Mais informações no site da concessionária, no perfil no Twitter (@EcoviasCerrado) ou ainda pelo 0800 364 365. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui