CRIANÇA MORREU: Menina de 4 anos morreu depois que o carro em que viajava capotou na estrada Vicinal Alcídio Balbo, em Sertãozinho (SP), nesse domingo (18); motorista estava bêbado e foi preso. Foto: Divulgação

Motorista, suspeito de embriaguez ao volante, foi preso pela Polícia Civil; carro capotou e menina, de 4 anos, morreu no local

Um acidente na Estrada Vicinal Alcídio Balbo, entre Sertãozinho e Cruz da sPosses (SP), na tarde desse domingo (18), deixou uma menina de 4 anos morta e quatro feridos, de acordo com a Polícia Militar.

Ainda de acordo com os policiais, o motorista do carro que capotou foi preso por suspeita de embriaguez ao volante. Leandro Rodrigo dos Santos, de 40 anos, será levado a audiência de custódia nesta segunda-feira (19).

De acordo com os policiais, Santos recusou-se a fazer o teste do bafômetro, mas foram observados sinais visíveis de embriaguez, como “hálito etílico, fala pastosa, olhos avermelhados e andar cambaleante”, que constam no Boletim de Ocorrência (BO). Ele concordou em fornecer amostra de sangue para exame.

Excesso de passageiros

Considerando ainda o excesso de passageiros no carro e que crianças foram transportadas sem a cadeirinha de segurança, o delegado Rodrigo Pimentel Bortoletto determinou a prisão do suspeito, que responderá por homicídio culposo e lesão corporal culposa na direção de veículo. De acordo com o motorista, ele foi “fechado” por outro veículo e, ao tentar desviar, perdeu o controle da direção, saindo da pista.

Entre as vítimas, estão uma mulher, de 47 anos, que foi levada à Santa Casa de Sertãozinho com fratura no braço, uma mulher, de 42 anos, encaminhada à Santa Casa de Ribeirão Preto (SP) em estado grave; um menino, de 10 anos, e dois homens, de 28 anos e 38 anos, levados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

De acordo com a PC, um perito esteve no local do acidente e o carro foi apreendido. O delegado também requisitou exames de corpo de delito às vítimas e necroscópico, no caso da menina que morreu no local e cujo corpo foi encaminhado ao Instituto Médico legal (IML).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui