DUPLICAÇÃO: Os nove quilômetros liberados ao tráfego, no último sábado (7), fica entre BH e Governador Valadares, segundo o Dnit. Foto: Divulgação

Liberação ao tráfego ocorreu no sábado (7); Dnit não informou o trecho exato que foi contemplado

Os usuários da Rodovia Frrnão Dias (BR-381) principal ligação entre São Paulo e Belo Horizonte (MG), vão ter mais nove quilômetros de pista duplicada no trecho mineiro. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela obra, não informou o trecho específico que foi entregue ao tráfego no sábado (7).

De acordo com a Autarquia, com essa liberação, o total de pista duplicada, em 2020, chega a 42 quilômetros. O trecho aberto ao tráfego faz parte do lote de obras nº 7, que já está com seus 37 quilômetros de extensão totalmente duplicados, incluindo 11 obras de arte especiais (OAE) concluídas, sendo seis pontes, dois viadutos e três passarelas para travessia de pedestres.

Ainda de acordo com o Dnit, além do lote 7, já foram entregues os lotes 3.2 e 3.3, sendo que no lote 3.1, em execução, dos 28,7 quilômetros, quase 13 quilômetros já estão concluídos, incluindo os túneis Antônio Dias e Prainha.

Segundo o Dnit, de um total de 11 lotes das obras de duplicação da BR-381, no trecho de 303 quilômetros, entre Belo Horizonte e Governador Valadares (MG), a Autarquia é responsável por quatro; os demais lotes também passarão por obras de duplicação, mas o processo será realizado dentro do programa de concessão do Governo Federal.

Dentre o trecho que será duplicado, há importantes cidades como Governador Valadares, Ipatinga, Coronel Fabriciano, Timóteo e João Monlevade, além de um grande polo siderúrgico. A duplicação também facilitará o acesso ao complexo portuário de Tubarão (ES) e o fluxo de importação/exportação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui