Número de acidentes nas estradas federais caiu em dez anos, entre 2007 e 2017, segundo dados da PRF.

Informação consta no Anuário de Estatísticas da Polícia Rodoviária Federal (PRF)

A Polícia Rodoviária Federal lançou nessa semana o Anuário 2017, um estudo detalhado sobre os acidentes ocorridos nas rodovias federais brasileiras no último ano. O estudo retrata o período de dez anos, entre 2007 e 2017, e mostra uma redução significativa no total de acidentes, feridos e mortos. Os números mostraram que, a partir de 2007, a quantidade de ocorrências e vítimas era crescente.

De acordo com os dados, o cenário era preocupante, pois refletia o crescimento acelerado da frota nacional de veículos, à época. Esse crescimento no número de veículos circulante no país, em um primeiro momento, provocou impacto no total de acidentes e vítimas. Essa tendência perdurou por quase quatro anos.

Diante disso, a PRF tomou novos rumos, explorou os dados estatísticos e, ao mesmo tempo, promoveu uma readequação na metodologia de fiscalização e controle.

Os pontos críticos tornaram-se prioridade na distribuição do efetivo da instituição. Com isso, os resultados apareceram. Atualmente, o total de acidentes é menor do que aquele registrado em 2007.

Dados de acidentes, feridos e mortos, 2007 a 2017

Segundo os dados do Anuário Estatístico da PRF, em 2007, ocorreram 128.438 acidentes nas estradas federais, com 81.591 feridos e 7.054 mortos. Já, em 2017, esse número caiu para 89.297 acidentes e 6.243 mortos; enquanto o número de feridos, 84.038, aumentou.

Fonte: Agência PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui