Edital de concessão da BR-381/MG deve ser publicado, nesta sexta (17), após revisão
CONCESSÃO: Edital de concessão da BR-381/MG deve ser publicado, nesta sexta (17), após revisão. Foto: Divulgação/Dnit

Trecho a ser concedido receberá cerca de R$ 9 bilhões em investimentos; leilão acontece em agosto

Depois de passar por uma revisão abrangente no Ministério dos Transportes, que garante mais investimentos para a BR-381/MG, o edital de concessão da rodovia, entre as cidades de Belo Horizonte e Governador Valadares (MG), será publicado nesta sexta-feira (17), no Diário Oficial da União. A publicação do documento foi aprovada nesta quinta-feira (16), pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).
‌ ‍
O trecho a ser concedido, de 304 quilômetros de extensão, receberá investimento de aproximadamente R$9 bilhões. A maior parte das melhorias determinadas pelo Ministério dos Transportes busca ampliar a capacidade e aumentar a segurança da via. O leilão está previsto para o próximo dia 29 de agosto.

O que mudou

A nova proposta de concessão da BR-381/MG incorporou mudanças resultantes de estudos técnicos aprofundados e políticas públicas atualizadas do Ministério dos Transportes.

Entre as alterações, está a ampliação de capacidade e melhorias entre os km 427 e 458+400 (Lotes 8A e 8B), que foram excluídas da nova versão do projeto de concessão e serão executadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O edital dessas obras foi lançado pelo Ministério dos Transportes no último dia 8.

“Importante destacar que a decisão de destinar essas obras ao DNIT foi anunciada pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e foi plenamente cumprida pelo ministro dos Transportes, Renan Filho. Essa mudança é fundamental para a atratividade do projeto”, avalia a secretária Nacional de Transporte Rodoviário, Viviane Esse.

Ela acrescenta que, com essa medida, será possível executar a obra de forma antecipada. “A previsão, originalmente, era começar só em 2028. Agora ela poderá ser iniciada o quanto antes”, detalhou.

BR-381/MG

Do total de R$9 bilhões previstos para o trecho de 304 quilômetros da rodovia, R$5,5 bilhões serão destinados para investimentos, como novas obras, e R$3,7 bilhões para serviços operacionais. Veja as principais melhorias:

  • 134,27 quilômetros de duplicações entre obras remanescentes e novos trechos;
  • 83 quilômetros de faixas adicionais,
  • 9,7 quilômetros de marginais,
  • 20 passarelas
  • 15 passagens de fauna

A concessão tem ainda o potencial de gerar cerca de 73 mil empregos diretos, indiretos e efeito renda, contribuindo para o crescimento econômico e a geração de postos de trabalho na região de Minas Gerais.

Histórico

Em março deste ano, após duas tentativas do governo federal em colocar o edital na rua, a diretoria da ANTT aprovou o novo Plano de Outorga para realizar o leilão. A decisão foi em reunião extraordinária.

Um pouco antes, em novembro de 2023, houve a primeira tentativa de o leilão da rodovia BR-381, entre Belo Horizonte (MG) e Governador Valadares (MG), ser realizado, mas, na ocasião nenhuma empresa se interessou. Era a segunda tentativa de conceder a rodovia.

Veja mais sobre o tema:

Depois de tentativas, governo se apressa em leilão da BR-381/MG

Sem propostas, leilão da BR-381 faz governo repensar processo

Deixe um comentário

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui